30 de mar de 2008

Êta treininho puxado, sô!

Sei que tem gente esperando para saber a "receita" de como dar passadas mais largas. Se até a Mayumi com pernas curtinhas pode conseguir (será?), qualquer pessoa pode conseguir, não é mesmo? Pois é, só que eu tenho um outro problema: não consigo andar e mascar chicletes! Ou seja, não consigo fazer duas coisas ao mesmo tempo! Bem, vamos ao relato do treino de ontem! Eu ia postar ontem, mas não deu, vocês saberão porque se conseguirem ler este relato até o final.
Depois de ter realizado uma avaliação física na academia, veio o resultado: tudo excelente, só que com um resultado apenas "bom"! O que foi? O teste cardiorespiratório! Por que? Embora eu tenha me dedicado ao máximo para conseguir correr rápido na esteira, a velocidade que eu alcancei não foi suficiente para eu percorrer a quilometragem mínima para alcançar o resultado "ótimo" ou "excelente". Ou seja, o resultado do teste não varia de acordo com a estatura ou o BPM da pessoa. Mas, se for assim, nunca vou conseguir um resultado melhor, pois vou ter que dar 3 passadas enquanto as pessoas com pernas mais compridas terão que dar apenas 1 passada, não? A saída? Passadas mais largas! Rsrs. Deste jeito, a minha barriga vai arrastar no chão!
Uma outra observação: estou com as costas meio curvadas! Olha postura! Por causa disto, eu fiz várias sessões de quiropraxia, pois, embora eu tenha sentido que as minhas costas estavam curvadas, eu não conseguia endireitá-la. Mas, além disso, eu preciso de mais exercícios para as costas!
Depois de uma semana convalescendo por causa da cirurgia de desvio de septo, voltei a treinar na quinta-feira, e ontem (sábado), o Arthur marcou um treino técnico na USP, um local diferente do que costumamos treinar. Embora eu tenha estudado e trabalhado por um tempo lá, eu não tenho noção de direção. Eles marcaram um treino perto de um prédio que eu fiquei procurando por 30 minutos! Ainda mais esta! Rs.
Bem, depois de um belo alongamento, como eu cheguei atrasada, os outros alunos já estavam no treino específico de corrida. E como o Arthur já estava sabendo do resultado da avaliação, ele "pegou no meu pé" para tentar corrigir os meus vícios. Mas um vício que tenho há muito tempo e que ele já tentou corrigir muitas vezes, não vai ser corrigido em uma ou duas horas, né? Se os outros já aprenderam a fazer direitinho, eu é que estou meia atrasada no processo. Como dizem, "falar é fácil, fazer é que é difícil" Rs. Portanto, não vamos nos iludir, pois o caminho é loooongo! Fazendo uma comparação com uma dieta de emagrecimento, por exemplo, eu diria que não adianta a gente comprar revistas e mais revistas de como se manter em forma, pois se não aplicarmos o que lemos nestas revistas, não vamos emagrecer. Então, acho que não vai adiantar eu saber que para dar passadas mais largas precisamos fazer isto ou aquilo, se não praticamos isto todos os dias, ou se não tivermos consciência disto a cada passo que damos.
Ontem, depois do alongamento, o treinador disse para eu trotar que ele ia ver como estava correndo, de fato. Como os outros a esta altura já tinham terminado o treino, ficou somente eu correndo. Depois de uma volta, ele deu exercícios de passadas: pisa com o calcanhar e rola o pé, tentando levar o pé o mais para frente possível. Assim, você vai dar passadas mais largas. Falar é fácil, né? Rs. Eu tentei! E ele continuou: olha, não relaxe as pernas na hora de levá-la para a frente, tensione-a com o intuito de pisar com o calcanhar! E eu: então na hora de eu levar a outra perna para frente, eu posso relaxar a que vai para a parte de trás? E ele: não, porque você vai ter que rolar o pé até lá atrás e assim, impulsionar a perna para dar outra passada para frente! Ok, vamos lá, primeiro andando e depois correndo!
Kkkk, só que, tensionando as pernas acabei tensionando os braços também, e parecia um soldadinho de chumbo! E o treinador: Mayumi, relaxa os braços! E eu relaxava os braços, mas as pernas também. "Mayumi, olha as pernas!" E eu tensionava as pernas e os braços também! Kkk.
Depois deste treino, foi a vez dos treinos de tiros: 3 tiros com intervalos de trote! Vamos lá! Mas, o meu nariz, coitado, começou a entupir, acho que por causa da cicatrização ainda em processo. Após estes 3 tiros eu disse: "Beu dariz esdá endubido". E ele: Ah é, tome um pouco de água e vamos continuar! Rsrsrs. Ai, mais 3 tiros. E mais 3... Bem, até aqui, tudo ok, a não ser o nariz entupido.
Bem, o treino terminou assim, sem complicações. Não me sentia cansada ainda, depois disso, fui almoçar com meu marido no shopping, voltei para casa, fui a um chá de bebê... e terminou o dia. Mas, à noite, acho que o cansaço bateu e eu acabei adormecendo no sofá. Tarde da noite, meu marido disse que, por mais que tentasse me acordar, eu estava em off! Daí, ele resolveu usar uma estratégia para me acordar. Ele gritou: "Mayumi, você vai perder a hora do treino!". Parece que deu certo. Ele disse que na mesma hora, eu me levantei assustada, e fui direto para a cama dormir. Só que eu não me lembro do que fiz! Só sei que hoje, eu acordei na cama, e o mais engraçado, sem dores, sem dramas.
Taí, gente, passadas que tenho que treinar mais que as outras pessoas! E a postura que tenho que corrigir. Talvez eu procure aulas de Pilates. O que vocês acham, hein?

4 comentários:

  1. Oi Mayumi. Legal seu treino hein! Fiz pilates durante um ano, e valeu muito a pena, recomendo. Obrigado pelo link no seu blog. Fiz o mesmo, apontando um link para seu blog, afinal, com um humor fino que vc tem, merece uma visita diária. Boas corridas!

    ResponderExcluir
  2. Oi Mayumi, seus treinos são bem bacanas hehehe será que é um psicotécnico para corrida??? kkk...
    Obrigado pela dica, bom saber que seu tio tem uma loja de bikes. As peças não são só caras, às vezes é difícil encontrá-las tb nas lojas.
    Além disso os funcionários dessas lojas nem sempre nos tratam bem e com atenção. Complicado né!
    Soube da sua cirurgia e que correu bem. Espero que já esteja 100%. Vai fazer a Meia de São PAulo dia 13? Eu e a Ju vamos nos inscrever. Vamos nessa?
    bjs
    Thiago

    ResponderExcluir
  3. Ola Mayumi, vamos lá firme e forte.

    Se precisar, novamente, da companhia de um "pai perdido", estamos aih.

    Um grande abraço.
    Rui Carlos

    ResponderExcluir
  4. Mayumi,

    por favor... quando aprenderes a dar passadas largas, me ensina! Também sou baixinha e está difícil correr rápido :-)

    ResponderExcluir