11 de nov de 2012

Outro treino em local diferente

Já ouviram falar de treinos que se tornam monótonos? Felizmente, eu nunca enjoo de um treino, mesmo que seja rodando várias vezes em um mesmo local. Tem gente que enjoa! Rsrsrs. Porém, a equipe do Branca nunca para! Ora o treino é modificado, ora é em lugar diferente! Se alguém me perguntar quais os próximos treinos, na verdade, temos cada um uma planilha diferente, mas tudo pode mudar, dependendo  do que você relata ao professor ou da programação que está em constante modificação! E neste final de semana, tivemos um treino nas trilhas do Museu do Ipiranga! 

Mestre Branca com as instruções do dia
Todos atentos...
E a equipe de fisioterapeutas a postos
Uma foto com todos que participaram do treino
E começa o treino técnico
Sem moleza! Rsrsrs.
Sem moleza e nem desculpas! Parabéns, menina!
Prof. Gustavo coordenando os exercícios educativos e sendo babá da menina! Rsrsrs.
Após o treino técnico de subidas de escadarias e ladeiras, tivemos uma gincana na qual a equipe foi dividida em 3 grupos. E cada pessoa do grupo teria que correr uma determinada distância que variava entre 6,5 km até 13 km, em uma certa velocidade estipulada. No final, quem corresse a uma velocidade maior que a estipulada ganharia 2 pontos e quem o fizesse mais devagar, 1 ponto. Porém, no final, a equipe que tivesse MENOS pontos ganharia. E a pessoa que fizesse o tempo mais próximo seria premiado também. O ritmo estipulado para mim foi de 7 min/km e teria que correr a esta velocidade por 9,1 km, ou seja teria que dar 7 voltas de 1,3 km. 
Corri o tempo todo com a Valéria e o Renato Spakauskas (irmãos). Ao chegarmos no final... descobrimos que fizemos em 15 segundos a menos que o tempo estipulado! Aaaaaaaaa! 6 pontos para a equipe... putz! 
A medalhinha suada! Rsrsrs. Valeu prof. Rogério.
Todos com as suas medalhinhas
Papo de gente grande! Rafael Zobaran e Manoel Lima



E briga entre times: Palmeiras e Corinthians. Rsrsrs.
O detentor da marca mais próxima foi "Manoel Lima", com 5 segundos a menos que o tempo estipulado! Ficou tão emocionado com a dupla premiação que foi chorar debruçado nos ombros da Seiko! Rrsrs.
Manoel recebendo a sua medalha
Manoel chorando de emoção! Rsrsrs.
Depois, ficou com dor no joelho porque ele não está acostumado a chorar agachado e de joelhos! Kakakakaka. 

Antes deste treino, tinha perguntado ao mestre se eu faria o treino técnico ou os 15 km programados se não fosse fazer este treino. A resposta foi: "Você faz o treino técnico no sábado e os 15 km no domingo". Para que fui perguntar! O treino de domingo que era originalmente de 7 km de trote, transformou-se em um de 15 km! Kkkkkk. A ideia hoje era descer trotando até o Parque do Ibirapuera (6 km), dar uma voltinha de 3 km dentro do parque e voltar trotando e, se necessário, caminhando, de volta para casa. Porém, ao entrar no parque, encontrei o Caloi que não via há muito tempo! Disse que estava trabalhando até de manhã e que ia correr um pouco para depois começar a trabalhar de novo à tarde! Afff. 
Caloi no Parque do Ibirapuera
E como tinha a companhia dele, acabei puxando o ritmo de volta para casa, em plena subida! Não sei como eu fui fazer isto num calor de 30 graus! Affff. 
Chegamos na barraca da vó Lucina e lá estava cheio de clientes. Um deles implicou com o fato de corrermos e disse: "Tudo em exagero é ruim para a saúde!". Daí retruquei: "Pois é, mas o problema é que a Lucina e o Caloi não acham que correr mais que 100 km é exagero!". Kakakaka. O cliente da Lucina achando que eu era a mais normal lá perguntou: "E você, correu quanto hoje, até agora?". E eu respondi: "Só 14". E ele perguntou: "14 minutos?". Daí, respondi: "14 km.". Ele: "Não, vocês estão brincando comigo!". Kakaka. Acho que, em primeira instância, ele pensou que fossemos todos lunáticos. No entanto, no decorrer da conversa, ele já estava achando que ELE é quem estava fora dos padrões normais do local! Rsrsrsrs.
Caloi ajudando a Lucina na sua hora de descanso! Rsrsrsrs.
E assim foi-se mais um final de semana de treinos. Daqui a pouco, a km começa a aumentar de novo. E vamos que vamos! Boa semana a todos!

5 de nov de 2012

Circuito Athenas: especial estreantes

Eita, meu povo! Hoje, estava rodeada de heróis! Estava bem "zen", resolvi fazer a minha prova tranquila... mais uma meia-maratona. Para falar a verdade, nem sei quantas meias eu corri até agora... tenho que contar as medalhinhas! 
Por falar em medalhinhas, este ano, consegui finalmente completar uma mandala do Circuito Athenas! Ô coisa difícil! Rsrsrs. Em 2010, tinha feito a primeira e a última prova. Ficou faltando a do meio. Em 2011, fiz somente a última e ficou faltando as 2 primeiras! E este ano, consegui fazer as 3 provas. 
Medalhas do Circuito Athenas de 2010, 2011 e 2012
Se eu contei direito, aqui, tenho 3 meia-maratonas... agora, tenho que ver quanto acumulei nestes 8 anos de corrida. Ai, que preguiça! Rsrsrs.
Caminhando para a largada
Distribuição de Gatorade pré-treino antes da largada
Bem, vamos aos destaques desta corrida! No sábado, fui buscar o kit da corrida com a Seiko Sato, amiga da Equipe Branca e com a Cristiane Diaz, a vizinha que conheci na academia do prédio. E olha só as duas toda produzidas! Só eu é que estava vestida esportivamente! 
Eu, Seiko e Cristiane
Não tem jeito, mulheres quando encontram uma loja... a reação é fatalmente esta! Rsrsrs.
Encontramos também o Renato Spakauskas e a Tati Moretti.
Seiko, Cristiane, Renato e Tati
Na volta, passamos todas pela barraca de flores da Lucina ultramaratonista, que está trabalhando a todo vapor!
Domingo amanheceu um dia nublado, nem frio nem quente, ótimo para correr! Acordamos cedo e nos dirigimos para a arena do evento. Quando chegamos à tenda do Branca, estavam todos se alongando... e eu tirando fotos! Kkkkkkk.
Mestre Branca e seus alunos no alongamento. Alonga aí, pô! Rsrsrs.
Hoje, foi a estréia nos 21 km da minha vizinha e do Renato. Parabéns pela prova! Pelo jeito, foram muito bem! Vocês acreditam que esta mulher eliminou 36 kg? Isto é corpo de quem um dia foi gorda? Gente, é muita determinação! Parabéns por tudo!
Renato Spakauskas (do Ipiranga) e Cristiane Diaz (minha vizinha)
Olha este rapaz! Fauzer Abraão Jr. Também passou por muitas dificuldades de saúde! Fez uma cirurgia de redução de estômago... Hoje, está super-bem! Leia sobre o assunto no seu livro "42.195". Prazer em revê-lo! 

Eu, Fauzer e Cristiane
E o destaque de hoje  à minha amiga do tempo do Ensino Médio (que na época se chamava "2º grau"), Fátima Montoya Perestrelo que, apesar de ter enfrentado um câncer de intestino no ano passado, feito 12 sessões de quimioterapia, hoje, estreou nos 4 km. Fiquei muito emocionada! Fátima, nós conseguimos! Nós podemos! 
Fátima Montoya Perestrelo em sua estréia após o tratamento de câncer.
Por falar em escola, encontrei também uma amiga do tempo da faculdade: Rosa Okubo, médica. Não que eu tenha feito medicina, mas é que esta mulher fez o curso de Medicina e o curso de Letras-Japonês simultaneamente! Rsrsrs. 

Quem foi bem também, foi a Seiko! Primeiro lugar na categoria "Veteranos 2". Outra vez, Seiko! Rsrsrsrsrs. Cadê a foto? Estamos esperando, ok?

Emendando! Aqui está a foto do mestre Branca com a Seiko!

Troféu da Seiko. Lindo, não é? 

Boa semana para todos! 

3 de nov de 2012

Bertioga-Maresias... agora? Rsrsrs.

Caros leitores... amigo Manoel Lima (que me chama de repórter e jornalista. Se eu fosse mesmo, as notícias iam sair todas bem atrasadas! Rsrsrs.):
Peço perdão aos envolvidos, pois estou postando somente agora uma das melhores "crônicas" sobre o Revezamento Bertioga-Maresias. Logicamente, para a crônica ser tão boa, NÃO fui eu quem escrevi, podem ficar tranquilos! Mas para postá-la aqui, tive que obedecer a alguns critérios exigidos pela super-Seiko (leiam abaixo):

Mayumi:
 Por mim, pode colocar sim no seu delicioso blog, desde que não se esqueça de mencionar os seguintes tópicos:
  a) que o nosso líder Manoel é que inspirou o autor das novelas que criou o personagem CADINHO;
  b) que a esposa dele, Rose, é uma mãe não só de seus filhos biológicos, mas também de todos da    equipe. Precisava ver a quantidade de comes e bebes que ela levou. Engordei 1,100 kg neste revezamento, é mole?
  c) que a nossa colega Mônica não só esconde o jogo, dizendo que está desanimada e com dores na coluna etc. e tal, como também correu melhor que todos, chegando com um sorrisão depois de correr uns 17 km;
  d) que o Danilo é uma pessoa multifacetada: corredor-ciclista-pai-da-Alice e agora, escritor de mão cheia;
  e) que o Zé (me desculpe a intimidade) costuma ligar da festa das filhas, escondido no banheiro;
  f) e finalmente eu: uma obaa-tian (vovozinha) que se acha ....

Kkkkkk. Ok, ok, Seiko! 
Agora vai! Para começar, eu fui uma das que furaram com a equipe! Mas, aqui vai a crônica do Manoel Lima, capitão da equipe desfalcada e inteiríssima! 
Largada (Foto: Tiago da Costa)
"CAIU A FICHA... 
Começou assim: Éramos 5, depois 7, no decorrer 4 e finalmente voltamos a ser 5! É possível? 
SIM, É POSSÍVEL! NUNCA DESISTA! E ASSIM FOI! RESPEITO, COMPANHEIRISMO...
Manoel, Rose, Seiko e Monica (Foto: Tiago da Costa)
Cada corrida ou cada vivência é única em nossas vidas e por assim dizer mais uma vez pude aprender muito na mono-organização do Revezamento Bertioga-Maresias de outubro de 2012. Digo mono, porque eu tinha um pouco mais de experiência no revezamento... que nada! Plano A, B, C...

Destaquei a palavra RESPEITO acima porque em nenhum momento murmuramos a falta dos 3 componentes da equipe que por motivos nobres se ausentaram! (Óia, Manoel, o meu ouvido estava coçando! Rsrsrs.). Ao contrário, a cada trecho mencionávamos: "O Zé, a Tatá e a Mayumi gostariam de estar percorrendo este trecho!". Fica aqui registrado,vocês fizeram falta sim, porém o respeito e aclamação formaram ecos! (Não fale muito, senão, no ano que vem, eu vou estar aí enchendo todo mundo! Kkkk.).

Foto: Tiago da Costa
Danilo (Jabá), você caiu do céu (nem tudo que cai do céu é anjo) "rsrsrsrsrs" mas desta vez podes crer que foi "UM ANJO"! Seu espírito, sua garra, indescritíveis! 


Angela, aquela cara de quero mais... Danilo, dá para fazer mais um trecho...


Seiko, apreensiva no primeiro trecho, largou forte e desaquecida, cara séria, concentrada, o que será que vem por ai? No segundo trecho, o Manoel informa: vai ser "DIFICIL"! E ao terminar veio a bronca: "Pô Manoel ,cadê as subidas? E a paisagem? Foi "fácil", tão fácil que vou pedir ao MESTRE BRANCA para treinar mais subidas.....umas 10 Biologias!". (Putz, esta é a vovozinha Seiko que se acha? Rsrsrsrs.)

Monica, que FELICIDADE estampada no rosto, quando você completou seu trecho, parecia uma menininha ganhando a primeira bicicleta. Sua autoestima contagiava! Que coisa boa... e seus sorrisos, gargalhadas a cada piada contata no carro... (Ahaaa, quem estava com dores?!)


Rose, obrigado pela paciência, GUERREIRA em todos os sentidos e agora UMA DAS MULHERES DO CADINHO! Isso mesmo fui promovido a sul africano, não bastasse ser negrão, agora tenho três mulheres... que ninguém nos ouça! Rsrsrs. Até o guarda rodoviário ficou com inveja! Parou-nos na blitz, pediu os documentos e ao olhar para dentro do carro, arregalou seus olhos,deu até para ler a fumacinha da mente dele!



Quanto ao piquenique, não ocorreu porque fomos num único carro e vocês puderam vivenciar quanto é corrido! No mínimo dois carros são necessários. Também as fotos não foram registradas, etc! (Agora senti uma punhalada! Kkkkkk.)

Finalizo assim. Tenho muitas mais coisas para descrever, porém quero vivenciar este momento com vocês novamente!

Obrigado, obrigado e muito obrigado!

NO ANO QUE VEM ESTAREMOS LÁ! ME ANIMEI!

Beijos em seus corações!!!"



Manoel Lima-Equipe Branca Esportes


Foto: Tiago da Costa