29 de mai de 2011

Muralha da China, Comrades, Bertioga-Maresias e um novo recorde pessoal

Ah, #aisim! É assim que se escreve, Colucci? Rsrsrs.
Primeiramente, gostaria de parabenizar todos, todos sem excessão, que se aventuraram nas provas deste final de semana!
Vou começar a postagem por uma prova ocorrida na semana passada! Nosso amigo Marcelo Jacoto foi correr uma maratona cheia de escadarias: a da Muralha da China! Fiquei tão impressionada com as fotos dele que pedi permissão para postá-las aqui! Ele disse que ficou com vontade de correr lá por causa do relato de Rodolfo Lucena em seu livro "Maratonando".
Há um ditado japonês que diz: "Cem palavras não traduzem uma olhada" (Hyaku-bun wa ikken ni shikazu). Ou seja, é melhor você dar uma olhada a ficar escutando várias coisas! Será que é por isso que eles tiram tantas fotos? Rsrsrs. Vamos a elas!
Esta subida é legal, não? Rsrsrs.
Ai, que desespero!
Todos que sobem, descem também! Rsrsrs.
Afff, aqui não dá para correr!
Vai encarar? Rsrsrs.
Só de olhar cansa!
Medalha suada!
É... não é mole, não!
Parabéns!!!
Não vai me dizer que você comeu isto?!
Teve um pessoal que correu a Bertioga-Maresias ontem! Não tive notícias deles ainda, mas devem ter se saído muito bem! Esperamos relatos!
Mas... recebemos notícias da Comrades! Os kitigais que foram lá, devem ter cumprido a sua missão, cada qual de seu jeito! Merece destaque o sr. Caloi, que concluiu os 89km em 6 horas e 48 minutos e foi o 4º colocado na categoria! Muito emocionante ouvir uma notícia dessas logo após o término da nossa prova de 15 km da Libbs, que se realizou na região da Ponte Estaiada. E os demais participantes também devem ter concluído bem a prova. Outro destaque foi para Nato Amaral, também da Equipe Branca, que fez sua 10 participação nessa prova! Admiro os que treinam com afinco para uma prova tão longa assim, que tem ainda o fator "tempo de conclusão" que deve deixar muita gente de cabelo em pé! E por fim, gostaria de expressar os meus parabéns ao professor Branca que, além de treinar toda esta galera, ainda correu e muito bem a prova!
E por falar em Ponte Estaiada, hoje, o dia amanheceu friozinho, ótimo para correr bem.
A largada da prova, na Ponte Estaiada
O dia estava tão bonito que resolvi até trocar a foto do rosto do blog pelo "visual" da prova de hoje! Marluce, desculpe-me ter substituído a foto da largada da Maratona de Nova Iorque! Veja se você gostou dessa foto!
Estava indo para a largada e encontrei estes dois palhaços! Tirei esta foto bem rapidinho, porque eles diziam: "Ei, você vai se atrasar para a largada!". Rsrsrs.
Só num friozinho assim a "gelatina desenformada" não derrete e corre legal! Rsrsrs. E por falar nisso... bati outro recorde, agora nos 15 km: 01h28min45seg! Eita a meia-pangaré está correndo um pouquinho menos devagar! Kkkkk. Mas tive alguns contratempos: agachei para amarrar o cadarço do tênis 4 vezes! Não sei porque ele estava teimando em desamarrar! Nunca aconteceu isso! No início do percurso, fui "encontrada" pelo Laercio do Vale! Nem deu tempo de perguntar sobre a Maratona de Paris, mas ele disse que queria fazer a de Tóquio! Meu amigo, acho melhor a gente esperar um pouco! Rsrsrs. No km 7 o Edu Sano me ultrapassa e ainda diz: "Hayai ne (Que rápido)! Você deve estar a menos que 6 minutos por km!" E eu disse: "É mesmo? Nem vi o "relógio" porque fico desesperada!" Rsrsrsrs. E parece que ele me viu quando estava do outro lado da pista, mas evitou me chamar para não me desesperar! Kakakaka.
Depois da viradinha para voltar à ponte, já no finalzinho da prova, a Jacke gritou o meu nome! Só encontro a Jacke assim, correndo, eu de um lado e ela de outro! Menina, ainda bem que você gritou, porque eu não enxergo (ou não reconheço?) ninguém! Rsrsrs.
Agora, sério, professor, mais que isso, impossível! Rsrsrs.

Prof. Nilton. A profa Sinara estava bem do lado... rsrsrs.
Edu Sano e eu. A Monica não quis enfrentar o friozinho? Rsrsrs.
Eduardo Pereira e Jerri Lee
Seiko e eu
Sr. Helio do staff da Corpore (vulgo sr. Godofredo, rsrsrs) na chegada
 E olhem só quem encontramos hoje! O sósia do Pelé!
Na verdade, o nome artístico dele é "Pellé". Disse que faz parte da família Arita! Arita? (www.arita.com.br)
É isso, gente! Esta semana tem mais... treinos longuinhos e tiros que saem pela culatra! E vamos que vamos! Adoro o Ibirapuera, porque é bonito e encontramos muitas pessoas!
E por falar em pessoas, peço desculpas a todos que comentaram as minhas postagens aqui e eu ainda não acrescentei os seus endereços neste espaço ou não respondi às suas perguntas! Em breve, tentarei colocar a casa em ordem! Muito obrigada! 
Os patos ao amanhecer fazem reunião à beira do lago. E como conversam!
Professor Augusto da Corre Brasil e dona Tomiko
Prof. Marco e profa Sinara no alongamento ao final do treino. Ao lado, a Cleide

20 de mai de 2011

Esperem por mim!!!

Afff, rsrsrs. Estou super-atrasada com as postagens, estou devendo visitas...
Antes de mais nada, deixo aqui um link para o site do Branca Esportes que posta hoje sobre o problema enfrentado pela nossa querida amiga ultramaratonista, vó Lucina Ratinho. Quem tiver uma luz para solucionar este problema, por favor, entre em contato com a vó! www.brancaesportes.com.br
Antes da Graacc, passei na barraca de flores da vó!
Mas, vamos lá, à retrospectiva dos acontecimentos legais, em meio a tantos tristes! 
No Dia das Mães, como todos os anos, participei da corrida Graacc. E desta vez, consegui um sub-1h no percurso da 23 de Maio! O Branca já vinha dizendo desde o começo do ano que era para ver se conseguíamos baixar o tempo nos 10km. Incrédula (eu não acredito muito nos meus potencias pangarelísticos, rsrsrs) dizia: "Você acha que ainda consigo baixar? Faz 6 anos que estou com o mesmo tempo. E ainda, com a chegada da idade, você disse que a tendência era cair tudo! Kakakaka.". Pois é, nem tudo cai! E ele ainda diz, pacientemente: "Não precisa forçar, uma hora melhora sem você perceber!". Ah é? Rsrsrs.
Manhã fria, fui à corrida e encontrei os meus amigos! 
Graça, Neide e eu
Eu e Laerte
Eu, Ciça e Rosani
Ciça, Rosani, ??? (rsrsrs) e Gustavo
Valéria e eu
Deu-se a largada, como sempre, muito muvucada, mas serviu para me aquecer! Rsrsrs. Fomos para o tobogã do percurso. Durante a prova, ainda encontro a super-Selma Benia, já correndo do outro lado da pista! Ah, como é bom ver as pessoas voadoras! Parece que correm soltas, leves, sem cara de sofrimento! Rsrsrsrs. Para isso é tem os treinos! Temos que tomar cuidado com a postura e também com o sorriso! Tem que chegar sorrindo! Tem que correr leve! Ô missão difícil! Rsrs.
Na reta final, na Pedro Álvares Cabral, avisto o cronômetro oficial, vejo que está marcando 01:02 e alguns segundos e penso: "Se na largada estava marcando 00:04, acelerando, acho que consigo chegar em menos de 1h!". Pernas para que te quero! Corri com todas as minhas forças, corri para balançar tudo: as minhas bochechas, os músculos do tchauzinho, os da parte interior das coxas, aff, estava me sentindo uma gelatina desenformada! Kkkkkk. Mas, não podia me esquecer do sorriso! Pisei no tapete, não sei como não me esqueci de parar o meu Gaga (Garmin trava-trava). Olhei e vi: 00:58:45. Aaaaaa, consegui um sub-1h! Rsrsrsrs. 
Bem "naturalmente" (rsrsrs) fiz o meu melhor tempo neste percurso! Um momento de reflexão: a meia-pangaré agora deu para ficar cronometrando tempo de corrida?! Rsrsrsrs.
"Guenta" professor! Esses seus alunos kitigais ainda vão dar muito trabalho! Rsrsrs. A dona Seiko conseguiu o terceiro lugar na categoria, nos 21K da Corpore. Os irmãos dela ainda perguntaram se só tinha ela na categoria e ainda assim, tinha conseguido um terceiro lugar! Rsrsrs. Que maldade!
Logo após a corrida, fui almoçar com a minha mãe! A minha super-mãe tem muuuitos troféus!

Estão assustados? São todos dela! Mas não são de corrida! São de karaokê! Rsrsrsrs.
E no domingo passado, foi a vez da Tribuna de Santos! E para não ir sozinha, inscrevi o meu marido e minha cunhada para a caminhada dos 10 km. Esta é "a" caminhada! Não conheço nenhuma outra com esta distância!
Gostei da largada deste ano: em ondas, como em Nova Iorque!!! Sem tumulto, sem  empurra-empurra, apesar dos 16.000 participantes! Após a primeira largada, deu-se um intervalo de 15 minutos para a segunda! E eu estava nesta, que foi bem tranquila! No ano passado, tinha um marcador para 60 minutos, o ultra Valmir Nunes, que imprimiu 6 min/km desde o início e nos facilitou muito! Este ano, não tinha marcador. Ficamos à solta! Se eu exagerasse no começo, ia pesar no final!
Sei... quando deu a largada, me deixou comendo pó! Rsrsrs
No km 4, aproximadamente, o ultra-prof. Gustavo estava posicionado para tirar fotos! E foi mais ou menos ali que a Luana me ultrapassou! De novo, senti aquela sensação boa de estar vendo uma voadora leve, linda e solta, correndo com um sorriso e dizendo: "Oi, Mayumi, tudo bem?" Tuuuudooooo!!! E assim, foi-se embora a Luana! Daí, dei-me conta de que se eu não acelerasse, não ia chegar a tempo de tirar uma foto com ela! Kakakaka.
E lá fui eu de novo, correndo como uma gelatina desenformada! Não podia esquecer-me do sorriso! Rsrsrs. 
 Esta prova tem torcida pelo caminho todo! E no final, deem uma olhada nas figuras que participam da caminhada!
Ah, consegui alcançar o pessoal para tirar fotos!
Luana e eu
Eu, prof. Gustavo, Luana e prof. Nilton
A tenda do Branca, bem pertinho da chegada
Eu, Mark e Marildo
Aniversário do Jerdal, comemorado depois da corrida
Ah, esqueci de dizer, mas o resultado da Triesportes diz que eu completei a prova em 56:38 (outra vez falando de resultados... tenho que parar com isso)! Fiz outra sub-1h e bati o recorde nesse percurso! Agora, Branca, sem brincadeira, mais que isso, não baixo! É muito pras minhas pernas de gelatina! Rsrsrs. Os treinos de tiros que, segundo a Seiko, estão saindo pela culatra, funcionam!
Agora, vamos parar de falar de velocidade e vamos falar de distância! Domingo que vem, aproximadamente 25 pessoas da equipe Branca participarão da Ultramaratona Comrades! Tem gente já estreando a camiseta! 
Kkkk, esse de cima é o Jabá! Que figura! Sabe quem está nessa também? O sr. Caloi! 
 É a sua primeira ultra de 89km, a sua primeira prova internacional e a primeira vez que ele sobe num avião! Estou vibrandoooo!!! A torcida é grande! E a festa vai ser maior ainda! Seja qual for o resultado, estaremos aguardando o retorno de todos! E agora é a minha vez: "Professor, tem que chegar sorrindo no final!" Rsrsrs.