28 de dez de 2009

Treinos de Natal

Como eu disse, muita comilança tem que ser compensada! Tirei alguns dias para ir à casa de minha sogra passar o Natal, lá em Ilha Solteira! Ô, terra quente! Rsrs. Mas, cumpri a planilha! E com postura! O Branca disse: "Coloque o rosto alinhado com o seu corpo! Assim, automaticamente, você não estará com a postura envergada! E olhe para baixo agora! Está vendo? Dá até para enxergar a parte do peito estufada!" Pensei comigo: "baixa com bustão". Rsrsrs.
Voltando para Ilha Solteira, com o calor de 34 graus que fez, acho que consegui treinar adequadamente para a São Silvestre. A planilha indicava um treino de 90 minutos e outro de 120 minutos. Tentei acordar cedo no dia 25, mas a festança do dia anterior não deixou! Acabei indo treinar às 8:00. A sorte foi que estava nublado até umas 10:00. Fiz um treino tranquilo, com ritmo bem leve. Este ano, em vez de fazer 5 voltas iguais, resolvi arriscar fazer uma volta maior, mas por sorte, a cidade é toda planejada e não me perdi!
No dia 24, o cenário da noite era esta!
A cidade, mais uma vez, inovou, com os seus enfeites natalinos elaborados com materiais recicláveis!
Fios iluminados!
Esta árvore é feita de brinquedos velhos ou quebrados!
De perto, dá para ver melhor! Olhem só!
E as renas puxando o trenó do Papai Noel, bem no canteiro central!
Mas, no dia seguinte, o cenário do meu treino foi este:
Viu só, como eu estava longe?
Muitas árvores...
Ruas planas... e outras, nem tanto...
Opa! Esta é a terra do Julio e do Esio! Rs. Vou continuar a subir...
Daí, encontrei o Amazonas! Hora de voltar! Rs.
A gente passava e tinha um povo que dizia: "É doida de tudo! Doida de tudo!". Por outro lado, quando fui atravessar uma rua, vi que uma moto ia virar a esquina, fiquei esperando, mas o motoqueiro disse: "Não para, não! Continua!". Pelo visto, o povo já está se acostumando a este tipo de prática desportiva.
E dia 26, outro treino às 9:00... o treino só acabou às 11:00, mas, novamente, fui premiada pelo tempo nublado, mas com muito calor!
Neste dia, parei para comprar água numa padaria e uma mãe sentada com a sua filha numa das mesas, respondia à pergunta da filha: "É, ela tá correndo! É esporte!". E quando fui dar a segunda volta na cidade, reconheci um carro que havia visto em outro lugar. O motorista parou para eu atravessar a rua e disse: "Você não para nunca? Parece uma maquininha!". Rsrsrs. Pelo jeito, eu estava mantendo o ritmo de tartaruga!
Bem, o cenário dos meus treinos foram estes! Agora, a vestimenta... no dia 25 corri com a camiseta que ganhei do Julio Cordeiro de Recife (ACORJA) e no dia seguinte, com a dos Matungo, Pangaré e Amigos do nosso amigo Marildo Nascimento (Santos-SP).

A todos que forem correr a São Sivestre, uma boa prova! Há um pessoal ser reunindo para almoçar na Cantina Nipolitana (www.nipolitana.com.br) às 12:30 do dia 31 de dezembro! Eu pretendo estar por lá!
Aproveito este espaço para agradecer a todos pela amizade, incentivo e boas gargalhadas durante este ano e que no ano que vem, continuemos a correr muito em prol da saúde!

20 de dez de 2009

Final de ano...

Pois é, pessoal... finalzinho de ano, tempo de muitas confraternizações... e já estou vendo o estrago na balança! Rsrsrsrs. Prometo que vou treinar a postura: encolhendo a barriga! Kkk. Academia fechando, equipes de corrida entrando em férias... e a gente indo para as despedidas de final de ano... vou virar uma bola! Rs. Mas, na sexta, trabalhei o dia todo em pé e me movimentando! Queimei muitas calorias! Tenho que compensar!
Bem, como reclamaram que na postagem anterior não tinha fotos, coloco algumas aqui!
Vó Lucina e Lara
Olha a farra, prof. Marco e vó Lucina
Papo sério...
As meninas que treinam comigo...
O sr. Jamil, pai do Branca, que conheci ontem, cumprimentou-me e chamou para um papo cabeça! Ele disse: "Sempre eduquei o meu filho dizendo para ser honesto e nunca empinar o nariz! Nunca colocar o dinheiro em primeiro lugar, pois uma hora a gente tem, outra pode não ter. De resto, é viver feliz!" E na despedida disse: "Já vai? Olha... não preciso dizer mais nada! Obrigado!" Bem, acho que sou eu é quem tem que agrader! Muito obrigada, mesmo!
Deixo aqui, com a autorização da produtora Erika, um link do vídeo sobre a participação da equipe Branca no Desafio Nike 600 K. Boas emoções a todos!

14 de dez de 2009

A "Recruta Zero" e o Cubo Mágico

Esta semana que passou foi muito importante para eu começar a voltar à forma!
Na quinta-feira, o prof. Branca deu-me uma senhora aula "particular", enquanto os alunos veteranos foram fazer a sua rodagem! Lição de "postura corporal"! E olha que estava toda torta! Mas, o recado mais importante dele foi: "Não adianta pensar que alguém vai corrigir você! Você tem que se corrigir!". Isto mesmo! Eu tenho que me corrigir! Mas, são tantas coisas, que tenho que fazer uma coisa de cada vez!
Então, a lição de quinta foi: alinhe a sua cabeça e olhe para a frente! Não carregue o mundo nas suas costas! E mantenha o braço flexionado na hora de correr! Rsrsrs. Falar é fácil! Fazer... nem tanto. Bem, depois teve dicas de como fazer as passadas, de como ficar ereta, etc. Foram dicas muito preciosas. Quase todas, o prof. Arthur já tinha falado para mim, mas volto a frisar... o chicote está looonge! Rsrsrs.
Uma coisa é saber o que fazer, mentalizar e estar sempre consciente de que você quer mudar, quer corrigir o que não lhe agrada. Outra coisa é você automatizar e isto se tornar algo natural. No caso da minha postura, sinto que ainda tenho que ficar me policiando para não ficar torta de novo! Quer uma prova disso? No mesmo dia em que eu recebi as dicas de postura, houve um treinamento-surpresa da brigada de incêndio no prédio em que trabalho e, tão logo a sirene soou, tivemos que sair correndo escada abaixo! Sabem o que aconteceu com a minha postura? Esqueci-me completamente dela e saí correndo do jeito que dava, feito tartaruga-ninja! Kkkkk. Pois é, ainda não está natural!
Domingo, fomos correr a prova de 15 km do Sargento Gonzaguinha. Encontrei-me com várias pessoas, entre elas, Guilherme Maio (que disse que quase comprou um chicote de couro que achou numa loja para trazer para mim, rsrsrs. Obrigada pela lembrança!), Wilson Arantes (Muito prazer! Finalmente, saímos da tela do computador! Rsrsrs. Pena eu não ter levado a minha câmera!), Rodolfo Lucena e sua esposa (Pelo jeito, ele ficou perto do Papai Noel na hora da corrida! Rsrs.), Laercio da Playteam que recentemente correu a Maratona de Nova Iorque (parabéns pelo recorde pessoal em maratonas!), Carina Park e Serginho (ambos da Playteam). Quem me acompanhou a esta prova foi a Minori que trabalha comigo e, pelo jeito, tomou gosto pelas corridas! Foi a estréia dela nos 15 km. Eu tinha avisado que, se eu estivesse lenta, que ela fosse em frente, pois a ordem do dia para a "Recruta Zero" era: tome cuidado com a postura na hora de correr!
Dada a largada, fomos nós, com o tilintar do Papai Noel, chuvinha fina caindo, temperatura muito agradável para se correr! E na multidão da largada, como eu enxergo muito bem (rsrsrs), perdi a Minori de vista! Tudo bem, já tínhamos marcado um local de encontro no final! E lá fui eu, concentrada na postura! E ajeita a cabeça e encolhe a barriga, aaahh, estou me esquecendo dos braços! Tinha que ficar flexionado! Poxa, treinei tanto, mas ainda não está automatizado! Rsrsrs. estava mais parecendo um cubo mágico, que a gente ajeita de um lado, e o outro fica todo bagunçado! Kkkkk. Putz, vou ficar quietinha agora, só manter o ritmo! Cadê a Minori??? Rsrsrs. Ah, a cabeça! Rsrsrs. Km 10! Dei-me um tempo! Tomei gel e ajeitei a cabeça e os ombros! Uuuui! E vamu ki vamu! Chuvinha! Tudo de bom! Já no km 14, a Minori me alcançou! Pensei que ela estivesse na frente! Kkkk. A minha primeira pergunta a ela foi: "Eu estou torta?". E ela, muito educadamente responde: "Um pouco!" Kakakakaka. Eu devia estar é muito torta! Mas, fomos em frente! E como quem sabe de tudo, eu disse: "Minori, lá dentro, a pista é de pedregulho!". Quem mandou dizer isto! Que pedregulho, que nada! Era uma mistura de pedrinhas, areia e lama, muitas poças d'água, ai que medo de escorregar! Rsrsrsrs. E ainda, um Vovocop de 76 anos dando um sensacional sprint de chegada, bem ao nosso lado! Noooosssaaa! Arrasou! Chegamos toda cheia de lama e ainda tivemos que ouvir: "Vai, dupla dinâmica!". Rsrsrs. Lá dentro da quadra, tinha um chuveiro, onde pelo menos pudemos tirar um pouco da mancha que ficou nas pernas, para podermos ir embora! Agora, imaginem a cena: um monte de gente dentro do metrô, todos sujos parecendo que foram fazer um rally humano! Sei que cheguei em casa e fui lavar as roupas e o tênis que, por sinal, já não volta mais à cor original! E as manchas pretas na pele, só saíram com muito esfrega-esfrega, com sabonete e óleo! Por pouco, não viramos todos dálmatas!
Querem saber a minha opinião? Esta prova foi tudo de bom! Bons treinos!

6 de dez de 2009

Agora vai... ou racha!

Fala, pessoal! Muitas provas por aí? Faz um bom tempo que não faço prova nenhuma! Rsrs. Mas, continuo treinando, viu? O Branca perguntou se eu era "focada"! Respondi que sim (se bem que no momento, acho que estou mais para "foca" do que para "focada"! Rsrsrsrs). Mas, estou treinando direitinho! Treinos educativos, tiros com marcação de BPM... sempre com a supervisão do prof. Branca: " Vamos! Alongando o quarto... a sala, a cozinha e o banheiro!" Rsrsrs. Fiz um tiro de 1 km e depois medi os BPM: 88 BPM por minuto no término! E o professor dá o veredito: "Você é uma séria candidata..." "A o que? A quebrar? Rsrsrs.". Suspense! Rs.
E no sábado, acabei faltando ao treino, por conta de compromissos e deveres de casa! Mas, deu tempo de almoçar com os amigos no Runner Café!
Hideaki, Marcelo Jacoto, eu, Yara Achôa, Monica, Eduardo Sano e o filho da Monica
Como sempre, muitas histórias de corredores! O Marcelo Jacoto pergunta ao Hideaki como foi a Maratona de Bombinhas-SC. Ele disse que tinha um trecho que estava mal sinalizado, ele errou o caminho e acabou descendo um paredão de 70 graus de inclinação (!!!!). E quando chegou lá embaixo, tinha um pescador em seu barquinho que ficou olhando para ele e vice-versa! Vocês imaginem a cena! Rsrsrs. Daí, eu disse: "Ele devia estar se questionando de onde surgiu aquele japonês, dizendo que ia correr 42 km!" Rsrsrs. E a Yara complementa: "E com número de peito e tudo!" Rsrsrs. E o Marcelo Jacoto para completar diz: "O pior é que, se o pescador contar esta história para os amigos, na certa, vão pensar que é história de pescador: tudo mentira!" Kkk. Ai, gente, eu sei que o Hideaki vai ficar bravo comigo por eu postar isso! Rs. Mas, sem dúvida, deve ter sido um susto e tanto ir parar num local destes! Se eu estivesse no lugar dele, certamente, não teria completado a prova! E se bobear, estaria perdida ainda! Rsrs. Por falar nele, parabéns pelos 108 km na Ultramaratona dos Fuzileiros Navais!
Boa semana, pessoal! Bons treinos! Cuidado com os paredões! Rsrsrs.