24 de abr de 2009

Há quanto tempo!

Oi, oi! Tudo bem com vocês? Aqui, tudo ok! Quer dizer, tudo "quase" ok! Rsrsrs.
Antes de mais nada, quero deixar aqui um recadinho: a Luciane, nossa amiga de Santos, entrevistou-me virtualmente nesta semana e postou a entrevista lá no blog dela! O Carlos Lopes escreveu um recadinho aqui... levei um susto! Pensei: "Já está "no ar"???". Bem, confiram lá, ok? Ah, esperem um pouco! Deixe-me relatar um pouco do meu dia-a-dia de não-corredora! Rsrsrs.
O gás injetado no olho já diminuiu bastante e está com o aspecto de uma lente de contato flutuante dentro do globo! Outro dia, estava atravessando a rua, quando o semáforo abriu e eu saí trotando para dar tempo de atravessar a rua! Porém, o médico não recomendou correr, para não ficar balançando o gás! Quando acabei de atravessar a rua, olhei assustada para baixo, a fim de verificar o estado da bolha de gás e vi que ela tinha se fracionado em 3 partes! Fiquei com a silhueta do Mickey dentro do olho! HÁ QUANTO TEMPO! Faz quase 4 anos que eu não via o Mickey dentro do meu olho! Kkkkk. Tudo bem, normal! Mas, tenho que tomar mais cuidado!
Como o médico não recomendou que eu corresse, eu resolvi andar! Não aguentei ficar parada! Da outra vez que parei de correr, tinha feito a inscrição para correr a Tribuna de Santos, mas troquei a inscrição da corrida por uma de caminhada e fui lá, caminhar. Fiz os 10 km em 01:31, sem correr, ou seja, sem ter a fase aérea entre uma passada e outra! Pelo tempo total, caminhei bem rapidamente! Rs. Desta vez, não vai dar nem para eu ir para a caminhada! Estou andando bastante! No feriado do dia 21, caminhei por quatro estações de metrô e mais um pouco. Deve ter dado uns 6 km. Mas é legal caminhar também! Eu recomendaria para quem não pode correr, como é o caso do meu marido! O cardiologista disse que nem todas as pessoas são aptas a correr. Portanto, não podemos sair por aí recomendando a corrida a todas as pessoas, não é mesmo?
Então é isso! Vamos curtir o fim de semana da maneira que pudermos! Bom final de semana! Bons treinos!

13 de abr de 2009

Levantei a cabeça!

Pessoal:
Desculpe-me pela longa ausência e pela falta de visita aos blogs! Aos poucos, estou retornando às atividades profissionais! Prometo normalizar as postagens, também!
Muito, muito obrigada pelas mensagens carinhosas durante a minha ausência do blog, pelos telefonemas amigos de perto e de longe. Na verdade, estou lendo tudo de uma vez agora, somente com o olho esquerdo e estou super-emocionada!
Bem, como sabem, eu ia passar 5 dias olhando para o chão e dormindo de bruços. Porém, o meu olhinho não absorveu o gás injetado nele com a rapidez com que prevíamos, de modo que tive que ficar mais uma semana olhando para baixo. Mas, não precisei mais dormir de bruços. E hoje, ao voltar ao oftalmologista, ele deu a permissão de levantar a cabeça por completo. Foi um alívio. Embora eu já tenha ficado mais tempo nesta posição, sempre é como se fosse a primeira vez, como nas corridas! Rsrsrs. Você pensa que está preparada, mas no meio do caminho, de vez em quando, bate uma incerteza! Ainda bem que tem a torcida! Vocês são a minha torcida VIP! Eu sou uma privilegiada por ter uma torcida assim! Eu sinto a vibração, como senti na Primeira Avenida em Nova Iorque. Obrigada, mesmo! E como o Jorge Maratonista me disse, "não se esqueça de agradecer a Deus". Em nenhum momento, Jorge...
O meu olho esquerdo está perfeito, graças a Deus. O meu olho direito, o que foi operado por 4 vezes, está em recuperação. E vai ficar assim até se recuperar por completo em 6 meses. Hoje, estou enxergando, mas ainda um pouco torto e embaçado.
Na primeira semana, eu estava olhando através da bolha de gás, observei a minha mão e enxerguei algumas rugas nela! Eu disse ao oftalmologista que nunca tinha ficado tão feliz em enxergar uma ruga em mim! Kkkkk. Realmente, tudo depende do ponto de vista, tudo é relativo. Morremos de rir, de felicidade, logico: eu, por ter recuperado a visão e ele, por ter feito uma cirurgia que, embora muito delicada, foi muito bem sucedida! A experiência faz toda a diferença nestes momentos!
Neste dias todos, como tinha que ficar numa posição em que o cabelo incomodava, prendi-o fazendo um rabo. Minha sobrinha passava por mim e dizia: "Tia Mayumi está com rabo de cavalo! Mas, isto não é um rabo de cavalo, é um rabo de coelho! É muito curtinho para ser rabo de cavalo!" E eu dizia: "Ah, é de coelho mesmo, você viu que até os meus olhos são de coelho? Estão vermelhos! Daqui a pouco, o coelho vai trazer ovo de Páscoa, não é bom?". Rsrsrsrs. Estas crianças são muito engraçadas!
E na hora de andar pela rua (raras vezes, umas duas vezes)? O meu marido me pegava pelo braço e eu andava olhando para o chão. Parecia-me com aquelas pessoas que são presas e não querem mostrar o rosto! Rsrsrs. Na semana passada, eu tive que ir buscar o passaporte que tinha que renovar. Como o oftalmologista tinha dado a permissão para andar de cabeça abaixada, lá fui eu, com óculos escuros e olhando para baixo. Imaginem vocês a cena! Parecia até que era uma fugitiva querendo um passaporte! Já pensou se não me entregassem, se me achassem suspeita? Kkkkk.
Ainda estou com uma bolha de gás dentro do olho, mas aos poucos ele vai sumir! Agora, está parecendo um aquariozinho: estou enxergando uma bolha que se movimenta, mas que parece água. Ele fica flutuando dentro do globo ocular, mas a gente enxerga como se fosse na parte de baixo. Como disse a minha mãe, "Isto é uma experiência única, que poucas pessoas vão ter. Portanto, curta este momento!". Rsrsrs. Ela é o máximo!
Agradeço à Yara, minha vizinha, que fez-me o favor de pegar o kit da meia-maratona e passar a minha inscrição a um amigo que correu uma meia pela primeira vez. Fico feliz em saber que alguém pode correr em meu lugar!
Bem, pelos contatos dos amigos, fiquei sabendo que o maluco do Hideaki completou 80 km em Cubatão, que o Valter Ide ganhou sua primeira filha... acho que perdi alguns aniversários de blogs, pelo que deu para ler rapidinho... teve a palestra do rei da Comrades... o Julio veio de Recife para correr a meia, o Fabio Namiuti e o Guilherme Maio também correram, o Hoffmann não conseguiu vir, o Wladimir passou a inscrição dele para o Regis, o Paulo Massa fraturou uma costela por causa de uma gringa irresponsável... o Harry está esperando para eu olhar pelo retrovisor (Poxa, esta vai demorar um pouco, infelizmente! É melhor andarmos de metrô!)... que o Marcos Sanches também tem pouca visão sem os óculos... Pois é, duas semanas passam rápido, mas também acontecem muitas coisas! E quanta notícia rola!
Neste dias todos que passei olhando para o chão, pensei: ficar parada nesta posição por tantos dias é tão difícil quanto passar várias horas correndo. Mas, ao término deste determinado tempo, se alcançamos o que almejávamos, não há palavras que descrevam o que sentimos.
Hoje, despeço-me deixando aqui uma mensagem que li em uma revista de yoga: "O modo como vemos as coisas hoje não precisa ser igual ao de ontem. As situações e os relacionamentos com elas mudam, assim como nós. A mudança constante indica que não devemos perder a esperança." (T. K. V. Desikashar)
Obrigada por tudo, pessoal da torcida! Em breve, espero estar com vocês! Bons treinos!