30 de mai de 2010

Mais que uma meia!

Olha só o que veio pelo correio nesta semana para eu testar e colocar as impressões no blog! Um par de meias Lorpen!

Quando recebi, juro que fiquei receosa em usar, pois é grossa e com cano alto! Eu pensei: isto vai esquentar o pé no meio da corrida! Mesmo assim, resolvi usar hoje, justo hoje que tinha 25 km para correr! Mais que uma meia-maratona! Como a corrida começou às 7:00, não fez muito calor e estava ótimo para correr. Fui tranquila, ritmo leeento (tenho muito talento para isso: "tá leeento!"), mas sem parar! Rsrsrs. A meia aguentou bem! E o meu pé também, pois a parte mais grossa na sola, amorteceu bem as passadas das minhas pernas gooordas! Kkkkk. E o pé ficou sequinho, pois o tecido dela absorve muito bem o suor! É... foi mais que uma meia... nos dois sentidos!
Então vamos à corrida! Nunca vi a Corpore falhar em termos de organização, mas hoje, a coisa estava pegando! 15 minutos antes da largada e a fila para a retirada do kit estava quilométrica!
Muita gente largou com atraso, alguns com 30 minutos, 40 minutos... e no meio do caminho ainda fui ultrapassada por um senhor muuuito veloz que estava fazendo a sua primeira volta de 12, 5 km enquanto fazíamos a segunda. Ele disse: "Eu larguei com 1 hora de atraso!". Não sei como foi contabilizado o tempo deles... uns na primeira volta, outros na segunda, a elite dando a sua segunda volta enquanto dávamos a primeira! Rsrsrs. No final, sei que alguns amigos que largaram com atraso acabaram ficando sem medalha e sem lanche! Realmente, não sei o que aconteceu! Mas, fica uma sugestão aqui: sei que muita gente trabalha no sábado e não pode ir buscar o kit (eu tinha ido no sábado, pois fiquei preocupada em chegar em cima da hora). Porém, no caso de provas com largada cedo, acho que seria bom entregarem o kit um dia antes ou dois, mesmo, sem opção para entrega no dia. E para solucionar o caso de pessoas que não podem pegar, não sei se caberia fazermos isto, mas será que não daria para todos os que não conseguissem pegá-lo no dia anterior, deixarem as autorizações para retirada com a sua assessoria de corrida? No caso de a pessoa não participar de nenhuma assessoria, talvez o jeito seja pedir a um amigo para que vá buscar. Mas no dia, realmente é complicado! O kit estava disponível a partir das 5:00, mas é muito raro alguém conseguir chegar tão cedo, não é mesmo? Cheguei com folga, mas na hora de estacionar... tinha só uma cabine de cobrança na ENTRADA e se formou uma fila enorme! Fiquei 30 minutos esperando para entrar no estacionamento! Em questão de segurança, estava tudo bem, mas a logística não ajudou muito!
Bem, vamos falar de coisas mais alegres! O staff da Corpore que fica incentivando-nos pelo caminho está de parabéns! Não sei como não ficam com dor nas palmas das mãos de tanto bater! Tinha um senhor com megafone, perto de um semáforo que dizia: "Diminuam a velocidade porque o farol vai fechar! E aqui tem radar! Vocês vão ser multados!" Rsrsrs.
E também tem os corredores incentivadores! Eles vem por trás e dizem: "Vamos! Já está acabando!". Acho que eles estavam pensando que eu estava quase parando! Rsrs. Uns contam histórias de superação! Um deles contava para os amigos a história de uma pessoa que chegou no km 41 de uma maratona muito cansado e terminou a prova engatinhando!
E quando estava passando perto do Parque Villa-Lobos, tinha uma família assistindo à corrida, e uma das crianças disse: "Olha, mãe, ele parece um barrilzinho!". Rsrsrs. Nem olhei para trás, mas parece que atrás de mim vinha um... barrilzinho! Rsrsrs.
Quando cheguei à tenda do Branca, a professora Sinara estava comendo uma pera, e hoje, foi o dia de eu dar o troco! Mordi a pera dela, como ela sempre faz com a minha pera! Olha a cara dela! Rsrsrs.
Este pessoal, desde cedo trabalhando lá, é muito legal! Hoje, tomei apenas um sachê de gel de carboidrato durante a prova, pois no meio do caminho, tinha banana e eu comi! Tinha tomado maltodextrina antes, também! Daí, a cinta ainda estava cheia de gel pendurado quando terminei a prova! Quando o pessoal que estava na tenda viu a minha cinta, disse: "Cuidado! É bomba! Vai explodir! Você foi à guerra? NÃO, NÃO puxa este fiozinho vermelho porque vai explodir!" Rsrsrsrs.
Encontrei muita gente hoje! Encontrei porque todo mundo me ultrapassou! Rsrsrs. Mas, olhem só!
Logo que cheguei, encontrei-me com a Carolina, que tinha me telefonado dizendo que tinha chegado super-cedo lá!
Ghislaine! Esta mulher faz musculação na mesma academia que eu, mas nunca tínhamos nos encontrado em corridas!
A dona Tomiko! Ela disse que estava cansada, mas sabe se lá como foi o treino dela nesta semana, né?
A dona Neide que também disse que estava cansada, mas saiu correndo e quase não consigo tirar uma foto com ela! Rsrs.
E o Leo, que largou super-tarde, mas do outro lado da pista, gritou "Quero uma carona!". Rsrs. É uma figura!
Olha o Leo "brabo" com a Corpore (e com razão) por não ter conseguido uma medalha e o seu lanche! Ele tinha ido ao guarda-volumes buscar as suas coisas.
E disse ainda para tirar uma foto dele para postar no blog! Taí, Leo! Ficou legal? Não fique brabo" comigo! Rsrsrs.
No meio do caminho, encontrei também a dona Lucina e tinha até batido a mão para cumprimentá-la, mas não a vi depois! Fiquei sabendo também que o Guilherme Maio também estava correndo hoje, mas também não o encontrei! Uma pena!
E por fim, bem perto da chegada, agachado com a sua câmera, está o meu ex-vizinho, fotógrafo da Webrun, Eduardo Iezzi! Prazer em revê-lo! Sei que vocês não fazem milagres, mas capriche na foto, hein? Rsrsrs.
Nesta semana tem um feriado na quinta! Uma ótima semana para vocês! Até mais!

23 de mai de 2010

Olha a medalhinha!

Oi, como foram de treinos nesta semana? Os meus treinos estão como sempre, com tiros, longuinhos, etc. Às vezes, os longos são com quilometragem, outros só na base de tempo. O de ontem, sábado, era de 2 horas e meia, rodagem leve. Após uma hora, voltei à "base" para me hidratar, mas tinham mudado um pouquinho a posição do freezer d'água e acabei passando reto, indo para a "mesa de abastecimento". Bebi isotônico e estava voltando para fazer mais 1 hora e meia, quando o Branca olha para mim e diz: "O que você está fazendo aqui?" Calma, calma, eu só estava me hidratando! Rsrsrs. Não pensem que ele nos controla tanto assim! Ele falou brincando, viu? Prova disto é que no final do treino, ele olha para cada aluno e pergunta se está cansado, se está doendo algum lugar, se o treino está puxado, etc. Acho que é um tipo de controle, mas não pode também facilitar, senão... eu sou daquelas que não vive sem um limite imposto! Rsrsrs.
Faz frio aí? Pois é, a previsão do tempo disse que hoje não ia chover, mas pelo jeito, não acertou! Graças a Deus, chuviscou e fez um friozinho o tempo todo! Rsrsrs. Eu adoro correr provas no frio! Rsrs. Vou batendo os dentes, mas vou! Kkkk. Hoje, tinha me inscrito no Circuito Athenas, com o devido aval do treinador, pois se fosse pela planilha, estava escrito coisa diferente, mas ele deixou substituir. Pensei que fosse ter um evento no trabalho ainda na parte da manhã, e para não perder a inscrição que tinha feito de 10 km (havia duas distâncias na prova: 5 km e 10 km), eu pedi para a organização da prova mudar a minha distância para 5 km. Assim, daria para eu sair correndo e ir trabalhar! Mas, o evento do trabalho foi cancelado. Mesmo assim, corri os 5 km!
A Minori que trabalha comigo também participou da prova de 5 km. Acho que o pai dela pensou que ela fosse fazer um treino no Ibira comigo e disse para ela levar laranja, banana para comer depois do treino, falou para levar emplasto de cânfora, disse para tomar cuidado porque ainda estava escuro e podia ser perigoso corrermos num lugar deserto, rsrsrs. É uma figura!
Chegando ao local do evento, a Minori diz: "Nossa, quanto japonês!". Daí, eu disse: "Acho que vou me embora antes que eu encontre alguém do trabalho!" Rsrsrs. Continuando a série "eu não reconheço ninguém", estávamos na largada quando, beeem do meu lado, está o Laercio que há tempos não encontrava! Eu olhei... olhei de novo e... ele me viu e disse: "Oi, Mayumi! Você está sumida!". Ah, ainda bem que era ele! Rsrsrs. E ainda bem que ele disse que eu estava sumida, pois na meia da Corpore, que era a primeira corrida que eu participava este ano, chegou um senhor no meio da corrida e disse: "Você está em todas, hein?". Rsrs. É aquele problema de achar que todas as japonesas são iguais! Kkkkk. Acho que ele me confundiu com alguém! Acho que é por isso que sou cumprimentada por muita gente! Kakakakaka.
E falando em oriental, quando estávamos indo embora, a Minori avista o Valter Ide. Como estávamos já dentro do carro em movimento, o Valter disse: "Vai indo, pois atrás tem um monte de carros!". Fomos indo... mas entrei num outro corredor e comecei a perseguir o Valter que está andando no meio do estacionamento! Chegamos bem atrás dele e demos uma buzinada! Rsrsrs. Parei numa vaga e conversamos um pouco!
Antes que o Shigueo pergunte se eu lavei 50 quilos de roupa depois, eu respondo: "Não Shigueo! Temos que variar o programa! Hoje, fui direto da prova para a feira, do jeito que estava, de calção, boné, cabelo despenteado e tudo!" Rsrsrs. Quando cheguei em casa, o meu marido perguntou: "Você foi à feira assim?" Rsrsrs. Coitado, ele trabalhou à noite e estava sonado, mas acho que acabou de acordar de vez quando me viu naquele estado! Kakakaka.
E quando estou no meio da feira, o celular dá o sinal de que recebeu uma mensagem de texto. Olhem só!
E a medalha, acho que é mais ou menos do tamanho da medalha da Comrades! Rsrsrs.
Antes que comecem a xingar a organizadora da prova, deixe-me explicar: esta é uma das medalhas que irão compor um conjunto! Ou seja é o miolinho de um conjunto de medalhas de outras etapas! Espero que eu consiga correr as outras etapas!
E vamos lá! Atrás vem gente! Boa semana!

17 de mai de 2010

Olha a Tribuna aí!

Oi, gente, desculpe-me se eu encontrei alguém nesta semana e não reconheci! Para evitar não corresponder aos cumprimentos, eu cumprimento todo mundo que acena, me chama... mas nem sempre reconheço a pessoa! Meu olho não enxerga muito bem de longe... e nem de perto! Rsrsrs. Nesta semana que passou, quando comecei o treino no Ibira, um rapaz gritou: "Oi, Mayumi!". Olhei em direção a ele e acenei! Acho que era o Marcelo Jacoto! Era mesmo? Rsrs. E neste mesmo dia, quando já estava no meio do caminho, uma menina acena. Está de boné e cabelos longos presos! Eu olhei meia desconfiada e acenei. Acho que ela precebeu que eu não a tinha reconhecido e disse: "Oi! É a Kelly!" Ah, sim, rsrsrs, é que ela trabalha comigo e logicamente, no trabalho, ela não fica de boné! Rsrsrs.
E quando estava me alongando, passa um "carrão" e buzina, e o cara acena em direção à nossa turma! Ninguém respondeu e então, eu acenei para o carro e quando todos da turma ficaram olhando para mim, perguntei para a menina que estava se alongando ao meu lado: "Quem será que é, né?". Kakakaka.
Ah, deixe-me abrir um parênteses aqui para agradecer a todos que postam os seus comentários (e que nos leem silenciosamente também!) , pois nem sempre consigo retornar uma resposta (alguns comentários não possuem endereço de resposta!).
Nesta semana, o meu treino de quinta era 2 km, pausa de 1 minuto, 3 km, pausa de 1 minuto e 1 km para finalizar. Quando faltava apenas o km final, deu uma vontade de ir ao banheiro... e fui. Voltando do banheiro, o professor me pergunta: "Quantos minutos?". E eu: "Quantos minutos no banheiro?". Ele olha com aquela cara de bravo e diz: "Agora que você está mais leve, pode fazer a volta de 1 km!". Kkkkkk.
Como no domingo ia correr a Tribuna de Santos, o meu treino de sábado era leve. Portanto, o professor não deixou eu subir a Rua do Matão! Aaaaaahhhh...
A corrida foi legal! O dia começou bem cedinho! Tinha marcado com a Minori, a Kelly e seu marido e a vó Lucina de irmos de ônibus. Marcamos de nos encontrarmos às 6 horas. Quando estou chegando no local do encontro, o celular toca:
"Dona Mayumi, onde a senhora está?". Rs. Era a Lucina e a Minori me esperando. Eu respondo: "Estou bem na sua frente!". Rsrsrsrs. Todos reunidos e... tem um cara oferecendo uma van para nos deixar na largada da corrida. Será que vamos? Mas... juntou muita gente! Além de nós, ainda havia 3 rapazes! 8 pessoas... e o rapaz da van queria nos colocar em um carro que só cabiam 7 pessoas! A dona Lucina, logo que viu o carro, saiu correndo com seus passinhos curtos: "tuc, tuc, tuc, tuc". Eu saí correndo atrás da Lucina: "tuc, tuc, tuc, tuc". E o cara da van atrás: "Ei, minha senhora, minha senhora!". Daí todo o resto da turma veio atrás de nós... caminhando! Kakakaka. A gente corre tão rápido! Rsrsrs.
Chegando em Santos, passamos no banheiro e fomos colocar a mala no caminhão guarda-volumes. Mas quase que não dá tempo! O último caminhão já estava de saída! Quase que tive que correr com uma mala de 5 kg nos ombros! Rsrs.
Fui me posicionar na baia que tinha escolhido que era a azul. E no final desta baia, havia 2 pacers para 60 minutos. Um deles era o Valmir Nunes, o ultramaratonista! Não acreditei! Fui tirar uma foto mas ele ficou beeem na pontinha, pois acho que ele pensou que eu queria fotografar o povo! Rsrsrs.
Pedi uma foto com ele e ele disse: "Deixe que eu tiro!". Como? Rsrs. Olha só!
Ele me perguntou se eu tinha gostado do squeeze que tínhamos ganhado no kit. Eu disse que achei bem funcional e bonitinho. Ainda bem que respondi isso! Ele disse: "Fui eu que sugeri o formato!". Rsrs.
Continuando com o "não enxergar direito", eis que avisto uma camiseta laranja da Playteam, num rapaz com cabelos ondulados, parecendo o Nadais! Saí correndo atrás e puxei a camiseta dele pensando: "Se não for ele, eu pergunto onde estão os outros da Play!". Rsrsrs. Mas, por sorte, era!
Dada a largada, grudei nos pacers para tentar finalizar em 60 minutos. E não é que eles sabem dosar a bem velocidade? Como eles conseguem correr em velocidade constante em um ritmo bem abaixo que o de costume, eu não sei, mas acho que isto também faz parte do treinamento e da experiência de corrida: percepção de esforço e ritmo!
A corrida em si estava muito boa! Muita água, chuveirada no meio do caminho, bandas de música, academias de ginástica participando em massa! Na reta final, a praia! Aquele cheirinho, aquela brisa e... o sprint final!
Ficamos de nos encontrarmos com o pessoal perto do Posto de Salvamento. Encontrei muita gente. Tiramos várias fotos. O Marildo diz: "Estas fotos vão pro blog da Mayumi, pessoal! Depois eu dou o endereço!" Daí, um rapaz, acompanhado de sua esposa diz: "Ah, eu conheço o blog dela! Ela sempre posta comentários no meu blog!" ??? "Eu?". Daí, ele diz: "Oi! Não está me reconhecendo? É o Jerdal!" Aaahhh, rsrsrs. Estava vendo que conhecia aquele casal de algum lugar! Rsrsrs.

E quando estávamos tirando fotos e batendo aquele papo, eis que aparecem a Lucina, a Kelly e a Minori! Vó Lucina demorou porque estava tirando fotos... durante a corrida! Disse ela que tirou 345 fotos só no percurso! Kkkkk. Ela não correu, né? E continuou a tirar fotos e pedindo ara tirar também! Encontramos na calçada da praia, caminhando com a família, o Ezequiel! Por que será que todos estão envergados nesta foto? Rsrsrs.
Após a corrida, almoço (no clube Estrela de Ouro) e cafezinho (no Museu do Café) com o Marildo e sua família, Mark (um amigo do Marildo, Minori e Lucina!

Olhem só o detelhe: "Selecionamos os melhores...". Rsrs.
Bons treinos e boa semana!

9 de mai de 2010

Vou, não vou, vou, não vou...

Primeiramente, parabéns a todas as mães pelo dia de hoje! Eu também fui cumprimentar a minha! Recentemente, ela começou a saber quais corridas estão sendo realizadas. Na semana passada, quando fui à casa dela depois da corrida, ela me perguntou: "E então, você correu 10 km, 25 km ou 42 km hoje?". É o poder da televisão! Kkkkk.
Muito frio por aí? Desde ontem, está chovendo/chuviscando e a temperatura deu uma caidinha por aqui! É ótimo para correr, mas não para ficar parada! Rsrs.
Ontem, foi o dia da Rua do Matão de novo! Só que desta vez foram 9 km de Rua do Matão! O professor tinha marcado 3 subidas de 500 metros e 3 de 1.000 metros lá! E lá fomos nós!
Tinha visto na planilha que era este treino no sábado e 01:40:00 no domingo. Estava em dúvida se eu me inscrevia na corrida da Graacc que ia ser hoje às 7:00 porque, como contribuidora desta entidade, gosto sempre de ajudá-los. Mas não tinha me inscrito porque pensei: vai que a prova não seja compatível com o que está escrito na planilha... acho que tinha que avisar o professor antes dele montá-la... etc. Mas, recebi uma mensagem da Corpore dizendo que ainda havia inscrições no local da entrega do kit... e fiquei realmente balançada... pensei nas crianças com câncer, pensei no treino numa manhã fria de domingo... e tudo o que via nas ruas ou que me enviavam desta corrida, me lembrava as crianças!
Daí, no sábado, após o treino, quando IA falar com o Branca para ver se ele me daria o aval para participar da prova, ele olhou para mim e disse: "Tchau! Boa prova!" Rsrsrs. Acho que ele me confundiu com outra aluna! Mas, já que ele disse isso, eu fui direto para o local da entrega do kit e fiz a inscrição! Rsrs.
Hoje, pela manhã, às 05:30, acordei e fui ao parque do Ibirapuera, deixando o carro estacionado do lado contrário ao que iria acontecer a prova. A idéia era correr os 10 km em mais ou menos 1 hora e depois, complementar com duas voltas de 3 km dentro do parque, para completar o treino. Foi exatamente o que fiz!
O Parque do Ibirapuera de manhã cedo, ainda no escuro, é lindo!
Após atravessar o parque, cheguei à arena do evento, onde encontrei o Rodolfo Lucena! Ele disse que, na noite anterior, tinha feito a prova noturma da Fila, debaixo de uma chuva torrencial! E hoje, ele estava beeem cedinho lá na Graacc.
Eu e Rodolfo Lucena
O tempo e o horário da largada estavam perfeitos! Quiçá seja assim sempre!

A Solange Frazão ia dar o aquecimento, mas chegou em cima da hora e não deu tempo! Ela disse mais ou menos assim: "Oi, galera, hoje tá frio, então vamos nos aquecer! Ah, foi dada a largada! Vamos correr sem aquecer mesmo! Boa prova pra todos!". Rsrsrs.
Na República do Líbano, encontrei a dona Neide da equipe Tavares. E desde este trecho, corremos até o final como um ioiô: ora ela estava na minha frente, ora eu estava ne frente dela! E terminamos quase juntas! Rsrs.
Dona Neide e eu
Após a prova, segui para o parque e fiz mais 40 mimutos de treino. Mas, acho que não foi só eu que teve esta ideia! Olhem só as pessoas dentro do parque correndo com a camiseta do evento!
As pessoas de amarelo são as que participaram da prova... menos a que está com a vassoura na mão! Rsrs.
Em direção contrária, ainda encontrei a Rosa e a Cleide da equipe Branca treinando. A Rosa me perguntou se a prova já tinha acabado, pois ainda eram 8:20 da manhã, mais ou menos! Eu disse que sim e que tinha começado às 7:00. E emendei dizendo: "Não sou nenhuma queniana!". Rsrsrs. Nem queniana termina tão rápido assim, né? Rsrs. 10 km em 20 minutos! Rsrs. E a Cleide estava preocupada com a minha camiseta toda molhada! O vento estava gelado e eu poderia pegar outra gripe!
Já na saída do parque, do outro lado, avistei a Amélia, que treina também com o Branca, e estava com outros dois amigos! Eles iam começar o treino naquela hora.
E estes foram os meus treinos de final de semana! Amanhã, tem musculação! E vamos em frente! Boa semana!

2 de mai de 2010

Os meus 25 km de hoje

Hoje, fui correr os 25 km no evento da Yescom. Antes que me perguntem, não fui com o tênis do Homem-aranha, pois estou amaciando-o ainda! Rsrs. E descobri que a Yara Achôa, minha ex-vizinha, também tinha comprado um tênis igualzinho!
Esta foto, fui eu quem tirei! A Yara e seus amigos avistaram a vó e pararam o carro!
Depois que escrevi que não comprava tênis há dois anos, muita gente ficou perguntando se eu não tinha corrido muito por estes últimos anos, se o tênis não estaria gasto, etc. Pois é, o fato é que em 2008, quando fui à NYC correr a maratona, tinha comprado dois pares de tênis muito baratos e quando vejo os tênis aqui, vejo que os preços estão lá em cima e dou uma de muquirana! Rsrsrs. E acho que o Marildo da equipe Matungo, pangaré e amigos, ou ficou com dó de mim, ou não gostou do tênis que comprei, e me presenteou com um tênis e uma camiseta da equipe dele! Rsrsrs. E hoje, o Leo Hacidume, que foi correr os 25 km, fez-me a gentileza de entregar o presente do Marildo, pois eu não pude comparecer ao almoço de sexta-feira! Marildo, muito obrigada pelo presente! Adorei! Vou usá-lo lá na Tribuna, viu?
Ontem, foi o dia em que teve reunião com o professor Branca lá no Parque do Ibirapuera para pegarmos as instruções para o grande dia! No caminho, encontrei o casal Takakura que recentemente entrou para a equipe do Branca.
Encontrei-me com o Julio Cordeiro de Recife na reunião.
Branca e Júlio tentando fazer eu "crescer" para aparecer na foto! Rsrs.
Depois da reunião, o meu dia foi uma correria só! Fiz mercado, passei na floricultura da vó Lucina (obrigada, vó), fui ao almoço de comemoração dos 15 anos de casamento da minha irmã com meu cunhado e fui convidada pelo Marathon Maniacs número 1024, Hideaki Fujinaga para jantar pizza com os maratonistas participantes do Desafio das 6 Maratonas. Antes que me perguntem, não vou participar deste desafio, ok? Não estou em condições físicas e psicológicas para tanto ainda! Rsrsrs.
Lindas flores...
Os maratonistas e ultramaratonistas, amigos do Hideaki
E hoje, despertei às 5:30 e dirigi-me para o estacionamento da Assembléia Legislativa, no Ibirapuera. Chegando lá, deu uma vontade súbita de ir ao banheiro! Porém, o banheiro feminino estava sendo ocupado por um "maratronista" (o cara sentou no "trono" errado e não saía de lá, rsrsrs.).
Na tenda do Branca, encontro a vó Lucina de novo, juntamente com os outros alunos. Encontrei também a Tomiko Eguchi da equipe 100 Limites. Subimos no ônibus das 7 e pouco e fomos até a largada. A vó Lucina sentou-se no banco do cobrador e foi cobrando passagem de todo mundo pelo caminho! Rsrsrs.
Sobre a prova, bem, eu saí beeem devagar para não perder o gás como da outra vez, mas acabei indo beeem devagar até o final! Rsrsrs. Pelo caminho, encontrei muita gente: A Mônica do Runner Café, o Eduardo Sano tirando fotos pelo caminho, a Valéria Lopes do Branca Esportes, o Ésio Cursino de Recife, o ultra Gustavo Abade, a Rosa "pretinha"... e fomos indo!
Monica e eu (by vó Lucina)
Eu, Pretinha, vó Lucina e Gustavo Abade
Eu, vó Lucina, Valéria Lopes e Fabíola
Vó Lucina, Esio Cursino e eu
No meio da corrida, a Fabíola da equipe Branca me viu passando água nas coxas e perguntou se eu queria vaselina! Foi a salvação! Estava começando a pinicar! Rsrs. Vixe, acho que vou levar um puxão de orelhas do professor! Rsrs. E em frente ao Parque Villa Lobos, encontrei o Leo Hacidume. E logo nesta hora que eu estava distraída batendo o maior papo com ele e com a Fabíola, aparece o Branca montado em sua bike! Aiii, acho que ele tirou uma foto minha, toda torta! Rsrsrsrs. Agora eu sei porque ele sabe exatamente onde estão os alunos! Os outros professores também ficam circulando de bike e ficam se comunicando entre si! Rsrsrs. E na frente do Jockey, tinha um deles com água de côco! Hummmm. Logo depois, vi um homem estendido na maca da ambulância, e como eu não enxergo direito, eu achei que ele era parecido com o Julio Cordeiro e fiquei o tempo todo preocupada... mas segui em frente!
E bem na descidinha do túnel que dá para a entrada da USP, avistei o Colucci com sua amiga Lilian de Presidente Prudente. Chegando à USP, daí é uma reta só. Na chegada, finalmente, conheci a Pati Gomes de Belo Horizonte e pude dar-lhe um abraço! E no final, tentei procurar o apoio da equipe, mas ninguém da organização sabia me informar onde estavam as tendas lá. Paciência! Alonguei-me e subi no ônibus para voltar ao Ibirapuera com o Leo. Eu tinha dito ao Guilherme Maio que iria ultrapassar o Julio, o Namiuti, o próprio Guilherme, o Hideaki, todo mundo que ia fazer a maratona e nem ia enxergá-los direito, pois estaria correndo a 60 km/h... dentro do ônibus! Rsrsrs. Mas, quando encontrei o Guilherme na largada, ele disse: "Você não vai me ultrapassar a 60 km/h, pois eu perguntei ao motorista do ônibus qual era a velocidade máxima do ônibus e ele disse que era 40 km/h!". Kakakaka.
Chegando à tenda, encontro o Julio Cordeiro, o Zancopé e o sr. Caloi! Ai, que alívio ver o Julio inteiro! E pelo jeito, nem de ônibus, chego mais rápido que eles correndo! Também, pudera, o sr. Caloi pegou o primeiro lugar na geral nos 25 km, com 01:26:52! E ele só fez os 25 km por causa de um erro na inscrição! Depois, ele resolveu correr o restante do percurso, pois a intenção dele era fazer a maratona. E pelo tempo dele (extra-oficial para a maratona), ele ficaria em 18º lugar!
Foi uma pena não ter encontrado o Fábio Namiuti, também... segundo o Guilherme, ele estava por perto!
Já no estacionamento, encontrei a dona Neide Hanaoka como apoio da equipe Tavares.
E assim, foi-se mais 25 km! Engraçado esta sensação de não ter corrido nada... nada dói no meu corpo, nada mudou... mas na hora da corrida, o meu corpo queria ir devagar... devagar e sempre... Boa semana pra vcs!