31 de mai de 2009

Jantar de massas em Sampa!

Na semana passada, realizou-se em Porto Alegre, a Maratona de Porto Alegre, e a festa foi por lá! Como hoje ocorreu a Maratona Internacional de São Paulo, o pessoal de outros estados que iam correr esta, vieram ontem para cá! E para vocês verem como o blog faz uma rede de contatos com as pessoas, mesmo de longe, ontem, dia 30 de maio, sábado, resolvemos nos reunir para comer pizza com corredores do Rio, Recife, Belo Horizonte e São Paulo. Logicamente, também tinha gente que não escreve blog! Rsrs.
Muita conversa rolou na mesa e a única participante feminina da janta, fui eu! Yara, minha vizinha, tu fizeste falta! Olha a encrenca em que tu me meteste! Rsrsrs.
Para começar, fui a primeira a chegar ao local marcado. Logo após, vieram o Ricardo Hoffmann e o Guilherme Maio. Daí, recebo um telefonema do Leo dizendo que estava na filial de Moema do mesmo restaurante. Mas esta é velha, ele sempre faz isto. Eu respondi na mesma moeda, pedindo ajuda pro Hoffmann: "Leo, pensei que você estivesse "aqui" no Rio! O jantar vai ser no Shopping Leblon! Está todo mundo aqui!" Rsrsrs. Putz, eu nem conheço o Shopping Leblon! Segundos depois, o Leo entra no restaurante! E o pessoal compareceu na hora: Hideaki Maraturista, Miguel Delgado (Equipe Baleias-Belo Horizonte-MG), Paulo "Picanha" (Acorja-Recife-Pernambuco), Julio Cordeiro (Acorja-Recife-Pernambuco), Esio Padilha Cursino (Acorja-Recife-Pernambuco). A Yara não pôde comparecer, mas telefonou por duas vezes e disse que ia dar a maior força para o pessoal da maratona, esperando-os no km 37!
Do lado esquerdo: Guilherme Maio, Julio Cordeiro, Leo Hacidume e Ricardo Hoffmann. Do lado direito: Miguel Delgado, Paulo Picanha, Hideaki Fujinaga, eu e Esio Cursino.
Para começar, estava conhecendo o Miguel de BH, o Paulo Picanha e o Esio de Recife, naquela hora! De cara ganhei uma camiseta da Acorja! Muito obrigada!
A camiseta da Acorja (Recife-PE)
Como o Paulo tinha corrido a Comrades (África do Sul-89 km), ele tinha trazido a medalha que tinha ganhado. Levei um susto com o tamanho! Já tinha ouvido falar nela, mas era a primeira vez que tinha visto "ao vivo"! Olhem só!
A medalha da Comrades é só um pouquinho maior que uma moeda de R$1,00!
Mais detalhes sobre a Comrades no blog do Julio! Vale a pena ler o relato de Paulo Picanha!
As pizzas estavam boas, pois o pessoal deixou para eu pedir o sabor que eu queria! Kkkk. Esta é a vantagem de ser a única mulher! Rsrs. Mas, como o Julio não sabia o que eu tinha pedido, quando o garçom perguntou que sabor ele queria, disse: "Ah, acho que vou querer uma pizza de peixe-boi ao molho pardo." !!!!! Nossa, o que é isto? Rsrsrs. Só se for em Recife! Aqui, não tem! Rs. Daí, a conversa andou para o lado do regionalismo:
"Você conhece o "Bodódromo"?" Kkk, eu não conheço Recife, minha gente! Daí eles explicaram que era uma rua em que só tinha coisas relacionadas à bode: restaurante que serve buchada de bode, pele de bode, etc. Realmente, temos que conhecer os locais! E aí, entrou em ação o Hideaki "maraturista", com o seu livro: "100 lugares para se conhecer antes de dizer que conhece o Brasil". Tem bastante coisa neste livro, mas não encontramos o "Bodódromo"! Daí, o Leo puxa conversa com o Miguel de BH:
Leo: "Vem cá, ô CARA, você já correu aquela corrida da Linha Verde? Aquele percurso não tem graça não, né?"
Miguel: "Aquele é o lugar que nós treinamos!"
TÓIN!!!!! Rsrsrs. Que fora, Leo! Mas ele prosseguiu:
Leo: "E aí, me conta daquela organização que promove corridas lá em BH, o "By Nippon"!"
Miguel: "By Nippon"? Não é o "By Japão"? É como a Corpore aqui em São Paulo!"
KAKAKAKA, Leo pagou outro mico! Rsrsrs.
Daí, o Julio começa a contar sobre a prova de 50 km de Rio Grande:
Julio: "Vi um cara cheio de "almofadinha" na região do peito (referindo-se à cinta de sachê de gel de carboidrato colocado, não na cintura como é usual, mas na altura do peito) e pensei: "este cara não deve correr nada". Mas, no meio da prova, o vi voando!" Sabem quem era este sujeito que o Julio viu? O Hideaki! Rsrs. Depois ele me disse que prende a cinta na altura do peito para ela não ficar "tremendo" na hora da corrida! Rsrsrs.
E o Hideaki e o Miguel, ainda se referindo ao peso corporal disseram: "Nós nunca pesamos 110 kg, porque quando estávamos com este peso, não subíamos na balança!"
Kkkkkk, este pessoal... depois eu é que sou a hilária! Rsrsrs.
A conversa andou para o lado da música. O Leo dizendo que foi assistir ao show do Iron Maden e o Guilherme Maio dizendo que ia a este show mas que cedeu o ingresso ao irmão dele. Eu não entendo muito deste tipo de música. Daí, eu e o Hideaki resolvemos cantar um trecho de uma música japonesa! Daí, quem não entendeu foi todo o resto da turma! Rsrsrs.
Comemos bastante, mas conversamos bastante também. Os quietinhos eram o Hoffmann e o Guilherme. Eu disse: "Ô Guilherme, você está falando demais!" Rsrs. E ele disse:
"Quando os "feras" falam, a gente tem que ficar quieto!" Rsrsrs. Tem razão! A gente aprende muito ouvindo os feras!
Erraram o sabor de uma pizza que eu tinha pedido, e ganhamos uma "baby" com o sabor pedido! Mas, isto foi quase no final do jantar! Porém, o Hideaki disse: "Nokosazu tabeyô!" (Vamos comer sem deixar sobrar!"). Kkk, cara bom de garfo taí! Comeu a pizza! No final do jantar, ela ainda "inventa" de servir "manjú" (doce japonês feito de feijão "azuki") a todos! O Julio olha para o pacote de "manjú" e pergunta: "O que é isto? Ovo?" Rsrsrs. Parece ovo, mesmo! Acho que ele não gostou muito do sabor do "manjú". Olhem só a cara dele!
Na hora de acertar as contas, eis que o Julio dá a sua última cartada: "Olha, só tenho esta nota na carteira! O resto vocês acertem, tá?" Caramba! Uma nota de... R$3,00!!! Rsrsrs.
E o Hideaki rabisca em japonês na mesa "Gotisôsama" (Estou servido)!
Depois desta, só tomando café! E lá fomos nós. De lá, o Leo liga para o Jorge Maratonista: "CARA, vou colocar uma pessoa na linha que quer falar contigo!" E colocou o Julio na linha: "Ôxente, não sabe quem é não? É Julio pernambucano!" . E aí, Jorge, gostou do telefonema?

A turma que foi tomar café.
Hoje, foi o dia da prova! Depois de um jantar assim, só dormindo muito bem para correr bem também! Espero que todos tenham feito uma ótima prova! Eu tinha me inscrito para a maratona, também, mas devido aos problemas que tive no olho, cedi a minha inscrição para o Valter Ide. Bem, vamos ler os relatos de quem participou! A todos uma ótima semana!

28 de mai de 2009

Voltei!!!

Hoje, acordei cedo e fui para a academia! Voltei aos treinos! Peguei minha planilha de treinos de musculação, dei uma rápida aquecida na esteira e me alonguei! A minha intenção era fazer a série de treinos de musculação, me alongar e ir trabalhar. Porém, ao final dos treinos de musculação, olhei novamente para as esteiras e... elas "piscaram" para mim! Rsrsrs. Então, eu voltei lá e dei mais uma trotadinha, de uns 25 minutos. Daí, deu para suar um pouquinho, mas nada comparado a quando eu fazia treinos mais puxados, mas foi um bom começo... acho! Redescobri que gosto de correr! Na semana que fiquei olhando para o chão e não podia levantar a cabeça para nada, fiquei "meditando" sobre o que eu realmente gosto numa corrida. E senti que gosto de correr por correr, seja na esteira, seja dando voltas e mais voltas no mesmo lugar ou me perdendo por aí por não ter noção de direção e estar correndo em um lugar desconhecido! Kkkk.
Lá na academia, reencontrei meus amigos: dr. Toninho que chega por volta das 05:50 para se exercitar, Ricardo que é o treinador, mas agora faz parte da administração da academia, Keiko que é outra frequentadora no mesmo horário que eu, e um irlandês cujo nome eu não sei, mas que tem uma tatuagem nas costas, bem perto do ombro direito, em caracteres japoneses: 生存者 (lê-se "seizonsha"). Esta palavra significa "sobrevivente". Eu perguntei a ele: "Why did you tatoo "seizonsha" (survivor) in your body?" E ele respondeu: "Because we are all survivors at work, we are survivors in our lives!" (Porque nós somos todos sobreviventes em nosso trabalho, somos sobreviventes em nossas vidas!"). Pois é, somos todos sobreviventes! Sobrevivemos a mais esta fase! Bons treinos a todos!
PS: Amanhã é dia 29, dia de "nhoque da maratuna"! Não se esqueçam de comer e fazer os seus pedidos! Rsrsrs.

24 de mai de 2009

Um telefonema inesperado!

E aí, pessoal! Tem uma galera que vai correr a Maratona de Porto Alegre neste domingo! A esta hora, eles já devem estar todos dormindo! Desejo a todos uma boa prova!
Pois é, por conta deste evento, muita gente viajou para o sul! Um deles foi o Hideaki! Olha só o que o menino me apronta: liga para o meu celular e começa a conversa assim: "Moshi-moshi, Hideaki desu! Ima Poruto Aregure ni imasu! Laishuu, San Pauro de marason o hashiru hito mo imasu yo! Tyotto kawarimasu ne!". Traduzindo: "Alô, aqui é o Hideaki! Estou em Porto Alegre! Tem uma pessoa aqui que vai correr a Maratona de São Paulo na semana que vem! Espere um pouco que vou colocar a pessoa na linha".
Bem depois desta, fiquei esperando que o outro também falasse em japonês. Qual foi a minha surpresa quando do outro lado da linha havia um... "pernambucano"! Rsrsrs. Sim, gente, o Julio Cordeiro! Rsrsrs. Ele disse: "Poxa, eu fiquei pensando como eu ia falar com você em japonês!" Kkkk. Este Hideaki, tem cada uma!
Bem, então, na semana que vem, o encontro será por aqui! Boa maratona a todos! Voltarei aos treinos em breve!!!

19 de mai de 2009

Super-Super 40!

Iyuhuuuuu! Eu fui... torcer pelos meus amigos! Rsrsrs. Aaaa, mas já estou melhorando! Fui até dirigindo! Agora sim, Harry, eu posso te enxergar pelo retrovisor! Logo, logo, vamos comer o nhoque da Maratuna de novo! Aguardem-me! Ah, por falar nisso, olha só quem estava correndo: o Edu Sano e a Monica da Runner Café! Edu, logo, logo, a gente está aí para comer nhoque!
O gás de dentro do olho? Ah, no dia 13 de maio, dia da abolição da escravatura, o meu olho libertou a última bolinha de gás! Kkkk. Foi o dia da "abolição" dos gases! Ops!
Bem, gente, com muito atraso, estou postando aqui, a minha primeira vez como parte da torcida pelos meus amigos corredores!
O domingo começou cedo. Descobri que tenho mais um vizinho de condomínio que corre! Até pegou carona comigo! Que corajoso! Na volta, eu quase o esqueci lá na USP! Rsrsrs. Bem, esta história vai ficar para o final! Depois, passei na casa da Minori, a minha amiga desenhista que desenhou as camisetas da equipe.
A camiseta com "design" exclusivo escrito "Kame-kame Club" by Minori
Há 2 anos, o pessoal que trabalha comigo, resolveu correr a Super 40. Fomos correr em 10 pessoas. Tivemos que colocar um nome na equipe para nos cadastrar. A maioria corria pela primeira vez. No Japão, havia um conjunto musical que se chamava "Kome-kome Club". Resolvemos, então, colocar um nome parecido: "Kame-kame Club" (kame=tartaruga). E desta vez, a participação aumentou e fomos em 20 pessoas. Tá vendo? Eu nem precisei correr! Correram por mim! Agradeço aos meus amigos Neide Satoru, Carolina Sakama (vide a história dela aqui) e Valter Ide (clique aqui para ir ao blog dele) que na hora "h", aceitaram correr para eu ficar no bem "bão" assistindo o espetáculo! Muito obrigada!
Além deles, os meus amigos convidaram mais amigos para correr. Foi inacreditável o número de pessoas que se prontificaram a participar!
Leonardo Ryo! Trabalhou conosco há alguns anos! Foi só escrever para ele e ele veio correr junto com a turma!
Até consul do Japão veio correr conosco?
Olha só, a Erika e o Roberto de Mogi das Cruzes, trouxeram-nos uma tenda para montar e deixar a nossa farofa!
Erika trabalhando duro antes da corrida.
Começada a prova, vamos nós para a torcida com a câmera em mãos! E olha que captei imagens legais, apesar de estar com um dos olhos ainda enxergando embaçado! Olhem só!
Esta é a equipe sorriso!
E que sorrisos!
Dona Erika! Monta tenda, corre e ainda comemora niver! Parabéns!
Olhem só! Outro sorriso! É isso aí, Mine!
E lá vem mais um rapaz voando!
Carol, elegancia até ao correr!
E lá vem o consul!
Grace, estou vendo que não é só de natação que você gosta!
Opa! Ô Grace, esta moça não é usuária da biblioteca? Que legal! Ela veio correr com a gente!
Ah, Valter, era a munhequeira que você estava me entregando? Rsrsrs. Parecia mais uma cenoura! Kkkkk.
Minori, toda sorridente e conversando com outra participante enquanto corre.
Outro sorridente!
Vai que está terminando!
Super-Neide voadora!
Caramba! Olha a passada dessa moça! Grande Kelly!
Bem, do tempo do pessoal, nem vou falar, pois todos foram ótimos. Parabéns! Mais que isto, valeu pela "confra" que fizemos lá! Encontrei muita gente, inclusive pessoas que passavam por mim e perguntavam se eu já tinha voltado a correr! Poxa, fiquei feliz! Respondo publicamente: muito, mas muito em breve, voltarei! E como sempre, devagar e sempre! Só corro pra valer quando avisto a dona Neide para tentar alcançá-la e dar um oi, mas raramente, eu consigo! Rsrsrs. Agora, estou vendo que vou ter que correr muito para dar oi a um monte de gente que diz que nunca tinha corrido. É, acho que nunca correram mesmo: eles voam! Kkkk.
E olha só o nosso mascotinho! A mãe dele, a Renata "Pocahontas", também correu e emprestou o número de peito para ele poder "perseguir" e incentivar os corredores que ali passavam. Este vai longe! Garoto "ixperto"!
Renata, a super-mãe do Gugu!
Gugu e seu incentivo aos corredores
Cecília e Hendy, a torcida estava boa, não? Se tiver uma próxima, vamos participar, hein? Esta de ficar olhando, não dá! Vamos pra caminhada! É ótimo! E olha a outra que ficou na torcida: Maki! Vamos caminhar na próxima, hein? Ana, senti a sua falta! Cadê você!!! Keika, não tem foto sua, porque você era a fotógrafa-mor! Rsrs.
Maki, Grace e Cleiton à espera de alguém da equipe passar.
No final, a foto da turma. Peço desculpas por nem todos estarem presentes nesta foto!
Na volta, os meus caronistas foram a Minori, o Leandro e o Leo (poxa, até parece nome de dupla sertaneja! Rsrsrs.). O Leo ia correr por uma outra equipe, mas acabou se contundindo num treino e foi lá nas mesmas condições que eu: torcida!
E na pressa de voltar, fui atrás de um caminhão que entrou em um corredor cercado pelas grades. No entanto, no meio do caminho, ele parou para carregar o som! Tive que dar marcha ré! E nisso, no final do corredor, o Leandro fez o favor de tirar algumas grades para eu poder manobrar e sair de lá! Mas, ao virar o carro, mais uma grade nos impedia de entrar na rua lateral. Por conta disso, o Leandro, mais uma vez, se ofereceu para retirar a grade. Porém, já tinha uma pessoa do staff que estava retirando-a para nós. E neste meio tempo, eu ouvi a porta do carro do lado do carona bater e pensei: "Bem, agora, é só esperar o staff retirar a grade e contornar a rua". No que eu acelerei para sair daquele espaço apertado, tomando o máximo de cuidado para não bater nas grades, olhando fixamente para frente, eis que ouço a Minori e o Leo gritarem de trás: "Mayumi, Mayumi! O Leandro ficou de fora do carro!". Quando olho para trás... o rapaz que tinha corrido pela primeira vez na vida os seus 4 km, estava correndo atrás do carro para pegar a carona de volta! Ou seja, eu quase deixei o rapaz correndo por mais "alguns" km até em casa! Rsrsrs. Quando ele nos alcançou, ele disse: "Poxa, você leva a sério a brincadeira, hein? Por um momento, eu pensei que você ia me deixar aqui, mesmo!" KAKAKAKAKA! Quaaaase!
No meio do caminho, o Leo começa a dizer que estava com fome! Apesar de eu ter oferecido sanduíche, suco, etc, ele disse que eu não tinha oferecido nada e que ele estava desmaiando de fome! Ô, Cleidi, este seu noivo aqui, deve dar muito trabalho para você, hein? Rsrsrs. Daí, paramos numa padaria para lanchar. E não é que o cara estava com fome mesmo? Comeu dois sandubas enormes!
Depois do lanche... finalmente, a volta para casa! O Leandro deve ter ficado muito cansado, pois enquanto conversávamos, ele acabou pegando no sono! Também, depois destas emoções todas, só dormindo mesmo, né? Rsrsrsrs.
Bem, gente, da próxima vez, espero contar algo relacionado à minha volta aos treinos! Espero que isto seja muito em breve mesmo! E vamos mantendo o ritmo!

3 de mai de 2009

O gás está acabando!

Oh, bolha, bolha, bolha! Rsrsrs. Pois é, o gás injetado dentro do meu olho está se fracionando e formando "ovinhas de peixe" agora! Espero que dentro de no máximo 15 dias, ele seja absorvido por completo! Vou sentir saudades... do Mickey, das ovinhas de peixe, do colar de contas... rsrsrs. E a visão deve começar a ficar mais nítida ao longo de 5 meses. Assim espero!
Como eu disse, estou caminhando bastante! O Henrique Shitsuka disse que ele ficou 2 anos sem poder correr e nesta época, ele pedalava bike aos finais de semana e usava um aparelho na academia que se chama "eliptcon", que simula caminhadas e corridas e ele era chamado de "o rei do elipticon"! Rsrs. Pois é, Henrique, bike, eu não vou me arriscar a fazer porque não estou enxergando direito ainda e posso me trombar em algum poste. E o elipticon, acho que vou esperar o gás sumir de dentro do olho, porque não posso ficar chacoalhando muito! Embora o impacto seja nulo, tem o problema de balançar a cabeça! É, não é fácil! Até para andar, eu tenho que tomar cuidado! Mas, vai passar! Obrigada pelas sugestões!
Outro dia, saí tão apressada para ir à feira que esqueci de colocar os meus óculos escuros! O meu olho estava vermelho e um pouco inchado ainda! O feirante olhou para mim e perguntou: "Mayumi-chan, você chorou ou você bebeu?". Eu disse:" Pois é, SEU Luis, eu tomei um porre, sabe?" Kkkk.
No caminho de volta da feira, avistei um cachorro. Tomei um susto, pois achei que a minha visão tivesse piorado! Pensei: "Essa não! Agora, além de enxergar envergado, estou enxergando tudo enrugado!" Por sorte, não era o meu olho! Sabem o que era?

Um cachorro da raça sharpei! Rsrsrs. Ai, que susto! Ainda bem que estou enxergando bem! Kkk. Contei ao oftalmologista sobre o acontecido e ele disse: "A sua retina estava tão enrugada quanto o sharpei! Agora está melhorando!". Nossa! Cada coisa que acontece!
Bem, gente, é isto aí! Espero voltar em no máximo um mês aos treinos! Boa semana a todos!