24 de fev de 2009

Estou focada!

Oi, geeente! Como estão de ressaca carnavalesca? Para falar a verdade, eu não curto Carnaval, não! Rsrsrs. Não para pular, mas admiro o show no Sambódromo e a seriedade com que é tratada esta festa e o concurso das escolas de samba!
Antes de mais nada, gostaria de agradecer aos novos comentaristas deste blog: Keika, Rodrigo, Helio, Angela e Everton. E agradeço também aos que sempre vêm aqui deixar o seu comentário! Mas, devem existir também os silenciosos que não comentam, que podem estar lendo e pensando: "quanta abobrinha, sem comentários"! Kkkkkk. Fiquem à vontade! A casa é de vocês e está de portas escancaradas! Rsrsrs.
Muita gente treinou nesta semana? Não sei o que acontece com o meu carro que, se não vai para a academia, vai direto para o Parque do Ibirapuera, sempre que saio vestida para treinar! E assim foi na segunda e hoje, terça-feira! Ontem pela manhã, fiz 12 km e hoje, eu pedi para o treinador deixar eu fazer 10 km no trote. Na verdade, era o dia reservado para a musculação, mas com a academia fechada, era a minha única opção! Os treinos longos ficam para o final da semana! E não é que no meio do treino encontro a Ge, que faz musculação na mesma academia que eu frequento? Esta menina corre muito! Já chegou a pegar o 12º lugar na geral da Maratona de São Paulo! Sempre a encontrava na academia, mas foi a primeira vez que a vi no Ibira. Na verdade, eu é que não enxergo direito, pois ela disse que já me viu umas 3 ou 4 vezes por lá! Rsrsrs.
Na semana passada, naquela correria do final de semana, passei na floricultura da dona Lucina, que é ultramaratonista, e comprei flores! Olhem só que lindas!
Ela disse que gosta de corridas de longa distância, ou seja, de meia-maratona para mais!
Vocês devem estar pensando por que é que estou falando da Ge, da dona Lucina... pois é, é que as duas tem algo em comum: o treinador delas é o Branca, cujo uma das especialidades é o treinamento para longas distâncias como maratonas e ultramaratonas. E as duas recomendam muito o treinamento dele.
Encontrei também o Hideaki, que completou no domingo retrasado a Supermaratona do Rio Grande, pegando o 8º lugar na faixa etária dele. Aliás, gostaria de parabenizar também, o Júlio Cordeiro de Recife e a Walkiria Milaine Martins (3º lugar na geral) da Playteam por completarem esta dura prova de 50 km.
No caminho de volta da festa da Playteam, há algumas semanas, dei carona para a Tomiko Eguchi, uma outra ultramaratonista que já chegou a completar 217 km em 48 horas!
Bem, o que eu quero dizer com tudo isto? Não, não, não pensem que já estou focada em alguma ultra, não! Rsrsrs.
Conversando com eles, percebi algo em comum: ninguém gosta de ser pressionado para correr, nem para baixar tempo. Porém, todos eles têm conseguido cumprir as suas metas. A Ge disse que, uma vez, ao correr a São Silvestre, quando estava no máximo de suas forças, correndo muito, muito mesmo, um "leigo" que assistia a passagem dela disse: "Vai, morena, corre mais depressa, você consegue!". Ela disse que queria arrastar o cara para correr com ela e ver se ele aguentava! Logico que não ia aguentar! Rsrsrs. A dona Tomiko disse que nunca gostou que a pressionassem para baixar o tempo ou pegar pódio, pois isto a irritava. A dona Lucina disse que o Branca sempre a ensinou a não ultrapassar os seus limites. E o Hideaki disse que não faz treinos muito longos antes de suas maratonas, mas que consegue correr uma sem se lesionar ou ficar todo dolorido depois.
Na verdade, o que eu queria dizer nesta postagem é que, embora eu esteja ainda longe de fazer uma ultramaratona, estou gostando da idéia de correr sem cobranças e no meu limite, por muito, muito tempo! Só espero não ir tão longe de casa, de modo que eu não saiba mais voltar! Rsrsrs. Como a maioria aqui já sabe, eu não tenho muito senso de direção! Valter Ide, você tem que me ensinar a mexer no GPS do meu frequencímetro! Kkkk. Eu sou disciplinada nos meus treinos, mas não tenho no momento, nenhuma prova em que eu queira me focar para treinar. Se eu me sair bem nas provas que eu fizer, fico contente! Mas o meu objetivo maior é continuar a treinar sem compromisso, pois isto já faz parte dos meus hábitos. Será que há algo de errado comigo? Ai, olha a síndrome de kitigai se manifestando! Rsrsrs. Boa semana, pessoal!

19 comentários:

  1. Oi Mayumi, parabéns pelo Blog... Se o seu GPS for o Garmin, eu tenho o manual em português, posso passar sem problema algum.... Vamos aumentando a quilometragem. Saúde e bons treinos!! Abração

    ResponderExcluir
  2. Kitigai Mayumi,
    se começar a pensar nas ultramaratonas já é um sintoma da sindrome kitigai, então posso me considerar um também?

    Povo de peso esse hein? Dona Lucina Ratinho, seu Julio Cordeiro, Seu Hideaki, e o Branca que é o treinador do meu amigo Gentil Jorge!

    É, correr sem pressão é muito bom, mas eu particularmente prefiro ter a pressão de completar uma distância inimaginável!! hehehe

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. ---------\\\\|/---------
    --------(@@)-------
    -o--oO--(_)--Ooo
    Bahhhh Mayumi, vc disse aqui que não tá pensando em fazer Ultras duvido de ó dó...rsss...Encara essa amiga...é muito bom correr longas distâncias...Eu corri uma de 50 km ano passado e foi delicioso, venha também vc fazer, já que vc é ultra pode começar com os 50Km ou seja para começar é uma maratona mais 8Kms...rsss
    Valeu bons treinos.

    JORGE CERQUEIRA
    www.jmaratona.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Mayumi, quem termina uma maratona, com certeza também completa uma ultramaratona, só são 8km a mais ;-)
    Falando esta ultramaratona de Rio Grande, cujo o terreno varia de asfalto, paralelepípedo, e no final areia, uma das vencedoras declarou no jornal que estes 8km a mais na areia são pura diversão, porque o piso é mais macio e não vê diferença entre uma ultra e uma maratona!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mayumi !

    Sabe o que eu acho ? Que não existe receita de bolo para pessoas ... Conheço gente que corre, e bem, totalmente desencanado como você citou; mas conheço também quem só renda se tiver debaixo de chicote. Cada um é cada um, né ? O que funciona bem para um não necessariamente vai funcionar para outro. E vamos todos correndo, rumo à ultra, hehehe ...

    Boa segunda metade da semana !

    Fábio
    http://fabionamiuti.hd1.com.br/

    ResponderExcluir
  6. É isso aí Mayumi.
    O que importa é não parar de correr.
    Porém, você tem perfil sim para provas de longas distâncias.
    Bons Treinos.
    Abraço.
    Maurão.

    ResponderExcluir
  7. Mayumi,
    Agradeço pelos comentário que você faz lá no blog que escrevo.
    Admiro muito o seu bom humor e inteligência !
    Como o Fábio Namiuti frisou com sabedoria, eu sou um daqueles que só vai debaixo de chicotadas.
    Mas às vezes eu me vergo as pressões que vem de mim mesmo.
    Aos poucos acho que consigo ir "desencanando".
    Muito bom o tema do seu post.
    Obrigado,
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  8. Olá Mayumi

    Eu ando a 2 anos para fazer uma maratona.Desejo-lhe as maiores forças para alcançar todos os objectivos que tem. Quem tem um espírito de Guerreira como você tem, correr 100 Kms é apenas um passeio.. abraços

    ResponderExcluir
  9. Pô, ontem (terça), eu e o Harry também treinamos no Ibira (9h30 às 10h30). Nem lembro qual foi a última vez que treinei no Ibira antes...

    Como eu falei, quem corre maratona tranquilamente, como foi possível constatar no seu relato de NY, tem preparo físico suficiente para fazer 50 km. Se tem preparo mental suficiente, é outra coisa. Eu acredito que não são muitos que tem esse preparo mental dos 50 km apenas com uma maratona no currículo. Mas acredito que você está no caminho e você sabe que eu não falo isso pra qualquer um. Calma que chega, mas escolhe logo a proxima 42,195.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Olá Mayumi ....

    de fato com o 405 perdemos a noção de distância .. vamos longe sempre procurando o nosso limite ... o estranho é que esse limite as vezes não chega !!! E temos que estipular nosso limite... espero te encontrar na Maratona de SP, pois já estou inscrito e vamos para mais esse desafio !!! Só falta convencer a Yara !!

    Abraços e Sucesso !!!

    ResponderExcluir
  11. Puxa ! Qdo eu "crescer" quero ser igual a você !
    Parabéns Mayumi !!

    http://viciadasendorfinas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo post.Adorei e obrigado pela citação do meu nome na corrida de Rio Grande.
    Abraços Pernambucanos,
    Júlio Cordeiro

    ResponderExcluir
  13. Oi Mayumi !! Obrigada por visitar meu blog e pelo seu comentário !

    Olha vamos esclarecer, fiquei 2horas na esteira, mas não correndo o tempo todo!! Dava um corridinha, caminhava e assim passou...2 horas...
    Chego lá - principalmente com o APOIO DE TODOS VOCÊS - Vamos por parte, ok ? risos...

    Bjão

    ResponderExcluir
  14. Mayumi,
    obrigado pelas visitas e comentários no blog. Valeu !!!
    É, sem pressão é mais gostoso.
    Fui!!!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Mayumi,
    Eu sonho com uma ultra... Mas atualmente mal dou conta dos meus treinos básicos, o que dirá ter que adaptar a vida para um projeto desses. Mas se um dia quiser companhia para uma ultra aventura, grita pela janela, rsrsrs.
    Beijo
    Yara

    ResponderExcluir
  16. Mayumi,

    obrigada pelo comentário no blog há 500 anos atrás... vim aqui ver qual era o presente... mas acho que não achei :-( Poderias me dar uma luz?? ADOREI TEUS RELATOS!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  17. Oi Mayumi,
    Uma ultra na vida tem que encaixar!
    Treinei 13 anos com o Branca e ele é ótimo!
    Bons treinos!
    Harry

    ResponderExcluir
  18. Meu nome foi citado aquí, logo eis meu comentário: Mayumi, mexer no Garmin é muito fácil. Tão fácil como correr a Maratona de NY...rs

    ResponderExcluir