15 de mar de 2009

O psicológico e o relativo

E aí pessoal, correram hoje? Eu fiquei paradinha! Rs. Bem, paradinha em termos, né? Depende do seu ponto de vista! Fiz muitas coisas, mas não participei de nenhuma prova! E amanhã, começo os treinos novamente!
Escrevi duas postagens anteriores a esta em que eu citei o "calor" que fez durante as provas. E recebi comentários diversos. Uns concordaram que realmente estava quente. Mas, outros, não. O Hoffmann do Rio, por exemplo, disse: "Vou torcer para bater 40 graus! Sério, você precisa se acostumar para correr no RJ.", referindo-se à temperatura da meia-maratona do dia 8 de março. O Hideaki que correu esta prova disse: "Achei a temperatura da prova agradabilíssima ontem. Graças ao meu agasalho da Adidas que eu uso cotidianamente.". Explico: em dias de calor, ele usa um agasalho para se acostumar com o calor e se sentir bem nas provas em dias quentes! Este cara não existe! Como disse o Fábio Namiuti, o Hideaki não é deste planeta! Rsrsrs. Mas, há quem está tremendo de frio, querendo um pouco deste calor. O Carlos Lopes escreveu de Portugal: "Devia estar muito calor e eu aqui a morrer de frio."O Marcos Sanches, que está lá em Toronto, escreve em seu blog: "Hoje acordei cedo, temperatura de 1 grau, o que é maravilhoso perto das temperaturas negativas que temos tido. E fui correr com a idéia de fazer um longo." Rsrsrs. Pois é, tudo é relativo. E este relativismo é que faz com que o nosso psicológico trabalhe em prol ou contra!
Falando em psicológico, quando eu corri em Nova Iorque, como não conhecia o local, eu nem fiquei pensando se Staten Island era longe ou perto de Manhattan, pois para mim, eram dois lugares desconhecidos. Mas, no domingo passado, quando li uma placa dizendo: "Bem-vindo ao Bom Retiro", pensei: "Nossa, como estou longe!" Rsrsrsrs. Eu que nunca tinha feito este percurso do Pacaembu ao Bom Retiro, nem de carro, fiquei pensando o quão longe estava! Bem, acho que não deveríamos pensar assim, né? Rs.
Querem ver um outro exemplo de algo relativo? O Jorge Maratonista escreveu: "Você só tira foto com corredores maiores que você olha só o tamanho do Cléber...rsss". Vejam as fotos:

Pois é, Jorge, mas isto é relativo: não é que eu só tiro fotos com corredores maiores. Os meus amigos são grandes! O que eu posso fazer? Mas, tenho amigos pequenos, também! Querem ver?

Viu só? Rsrsrs. Depende do ponto de vista!
Na semana passada, o SEU Mário da academia, disse: " A Mayumi é trialtleta: corre, caminha e alonga!". Rsrsrs. Se caminhar e alongar também são modalidades esportivas distintas, somos todos triatletas!
Escrevi para o Arthur (treinador) e disse: "Não sei o que está acontecendo com as minhas pernas que nem depois de uma meia-maratona dói. Não sinto mais nada! E nem BCAA tomei no final da prova!". Ele respondeu: "Vai ver que suas pernas não te obedecem mais! Rsrsrs. Brincadeira! Isso é um sinal de que você está se adaptando a estas distâncias mais longas."
Depende... rsrsrs. E se eu tivesse me matado de correr na prova? Kakakaka.
Ontem, fui fazer um exame de sangue e tive que coletar 13 tubos de sangue. O menino que estava ao meu lado perguntou: "Eu também vou ter que deixar tudo isto de sangue?". E o rapaz da coleta disse: "Normalmente, são 3 tubos. Mas como o exame dela é mais específico, englobando vitaminas e alguns hormônios, ela vai ter que deixar estes 13 tubos. Mas, se você pensar que em uma doação de sangue você doa um saquinho com 450 ml, estes 60 ml não são nada!". Estão vendo? São 13 tubos contra apenas 1 saquinho! Mas, são 60 ml contra 450 ml! Tudo é relativo! E o psicológico... viaja!
E para não perder o costume, eu ainda continuo achando que o verificador de palavras dos blogs anda me xingando! Mas, deve ser impressão... lógico que é impressão! Afinal de contas, um computador faz as coisas automaticamente!
Não, não, é psicológico! Não deve ser nada contra mim! Rsrsrs.
Boa semana, pessoal! E não deixem o psicológico atrapalhar os seus treinos! Vão em frente, sempre em frente... atrás vem gente, mas estão te apoiando! Rsrs. É a escolta! Kkk.

20 comentários:

  1. 1 - Fator Psicológico também se treina. Quem não entende isso sobrecarrega mais a parte física, ao invés de "dividir" o esforço.

    2 - O meu "triatletismo" é correr, caminhar e dançar. Eu não faço alongamento.

    3 - Até bem pouco tempo atrás, eu acreditava que "maratona é um exagero pro corpo, que a gente pode se permitir fazer". Hoje estou convicto de que quem acha que uma maratona é muito desgastante, é porque não está realmente preparado pra correr uma (está minimamente preparado para concluir). Aquela história que eu te falei dos maratonistas (que terminaram pelo menos uma maratona, nem que seja rastejando) x maratoneiros (conotação semelhante a de "boleiro", que sabe os truques de se jogar bola). Bem vinda à turma dos maratoneiros!!

    ResponderExcluir
  2. Mayumi,
    Boa semana para você e obrigado pelas visitas e comentários no blog que escrevo.
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  3. Mais um detalhe: só lembrando que o número 53, no Japão, significa... "lixo" !!

    ResponderExcluir
  4. Só mesmo você, é dos poucos blogues que leio cada palavra com um sorriso. Parabéns amiga.

    Nota: estou a espera de fotos para colocar no blog

    ResponderExcluir
  5. Mayumi:

    Finalmente tive a oportunidade de chegar ao seu blog que por sina é ótimo. Adorei este seu post. Cheguei a rir....

    você além de ser ótima atleta parece ser tambem uma pessoa super alegre. Pude notar isto através deste post. Supeg legal mesmo.

    Olha, vocês ao sofrem com o calor e eu aqui nos States sofro com o frio. No sabado fiz um longão com uma temperatura de 2 graus negativos. Mais a gente se acostuma com tudo nesta vida entao ja não sofro tanto.

    Vou seguir o seu blog pois esta maravilhoso.

    Bons treinos.

    Sandra Partridge
    www.partridgeusa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Qdo vamos tirar uma foto? Para vc colocar na lista de maiores do que vc, risos.
    Parabens pelo post. Como sempre, ótimo.

    ResponderExcluir
  7. Acho que somos do mesmo tamanho(risos)
    Adorei o post vc é demais.

    Bons Kms e boa semana

    Fabiana

    ResponderExcluir
  8. Vero, vero, vero ... o calor estava demais mesmo !!!
    E como não vivemos na Islândia ... O calor vai estar sempre presente ... temos que nos adaptar ... mas enfim "estava sim muito calor" e odeio correr com sol na cabeça !!!

    Se afeta o lado psicológico não sei mas que desgata isso sim !!!

    Abraços Mayumi !!!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mayumi !

    O extraterrestrismo do Hideaki é elogio, viu ? Acho notáveis as coisas que ele se propõe a fazer ... e faz.

    Já o termostato, cada um com o seu, né ? A Janete costuma dizer aqui que, quando o Fábio veste a blusa, o resto da humanidade já morreu congelado. Calor pra mim, só na praia, e olhe lá. Pra correr, é temperatura amena ou nada. Tá quente ? Deixa o bom resultado pra próxima. Corrida tem uma atrás da outra mesmo ... Eu até corro, mas de forma absolutamente recreativa.

    Boa semana !

    Fábio
    http://fabionamiuti.hd1.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eita, esse negócio de pscológico e ponto de vista é como diz o velho deitado: Sente-se num formigueiro então? KKKK !
    Coisas à parte, tudo é relativamente simples quando quase nada parace complicado!

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Aí Mayumi, me divirto com você !!rsrs...Mêu! Vc precisa comer mais feijão pra vê se cresce rsrs...adorei "trialtleta": corre, caminha e alonga!". Também sou Rsrsrs...

    ResponderExcluir
  13. Mayumi,
    Além do sobrenome, temos em comum a estatura. Somos baixinhas... mas muito gostosinhas, né rsrs?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Mayumi!

    Eu fiquei por um tempo neio ausente mas vira e mexe estou na área. Obrigado pelas suas constantes visitas!

    Ah, o seu post me faz ter saudades de tantas coisas... esse calor do Brasil, as provas, tanta gente alegre. Esse Hideaki maluco... Saudades de tudo.

    É sim, tudo é muito relativo neste mundo. Eu tenho estado tão feliz com qualquer temperatura acima de zero. Expectativa pela primavera, flores, pássaros, folhas, sol... É inacreditável que vcs estejam com tanto calor. Inacreditável que alguns correm com blusa nesse calor e eu estou fazendo o possivel para me livrar delas...

    Obrigado pelo post que é muito alegre!

    Grande Abraço!

    Marcos

    ResponderExcluir
  15. Mayumi, é tudo uma questão de ponto de vista ... rápido ou devagar ... alto ou baixo ... quente ou frio ...

    Excelente post! Como sempre muito engraçado ...

    Ainda não sou triatleta, pois não alongo ... sou um biatleta? rsrsrs

    Abraços,
    Leandro.
    http://corromesmo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Belissimo post! A quebra na maioria das vezes é psicologica.
    E os palavrões te perseguem no Blogger hein hehe

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. Amiga Mayumi, bom dia, me desculpe a demora em vir aqui, obrigado pelas msgs e por sempre estar lembrando de mim aqui no seu blog, que legal que dessa vez vc tirou fotos com as pessoas mais baixas do que vc...hehehe...
    Bom sobre o fator psicológico, faço as minhas palavras as mesmas do Hideaki PSICÓLOGO também é treinado.
    Caracas quer dizer que te sugaram 13 tubos de sangue, assim vc não consegue correr amiga...hehehe...
    Quanto as palavras de verificação eu acho que vc está sendo perseguida sim, pois só tá acontecendo com vc...hehehe...
    Valeu amiga, tenha uma boa semana e bons trienos.

    Bjsss

    JORGE CERQUEIRA

    ResponderExcluir
  18. Amiga Mayumi, muito bom seu post. Quero agradecer o carinho e os comentários no blog, e quando estiver em Curitiba, eu e a Cilmara queremos que dê um toque para nos conhecermos pessoalemente. Prazer em comentar no seu maravilhoso blog também. Abraços.(;-) Tuco e Cil!!

    ResponderExcluir
  19. Oi Mayumi
    Parabens pela postagem! Adorei suas colocações! Tinha um amigo corredor que questionado por não ter ido treinar com a equipe,dizia que tinha treinado o psicologico.Como era "macaco velho" das corridas, e com uma cabeça fabulosa, ao dormir sonhava desde a largada, os kms subsequentes até o final, determinando o seu ideal de desempenho e tempo final. Dizia ele que em sonho corria/treinava efetivamente. O incrivel é que ele lembrava de detalhes de percurso. Com isso, sentia-se autoconfiante e dizia que ja havia treinado o psicologico. Como muitas vezes por problemas de chuva ou particulares não ia treinar o pessoal dizia que estava treinando muito mais o psicologico do que o físico. Eu acredito que 95% do desempenho depende o treinamento fisico e 5% do psicologico. Então devemos treinar e muito.
    Fiquei curioso com a foto inicial de seu blog: é um sitio ou parque?
    Um abraço
    Henrique shitsuka (atleta Play)

    ResponderExcluir