25 de set de 2011

Final de semana cheio de eventos

Correria! Literalmente! Aproveitei a dica do blog de Rodolfo Lucena e fui conferir o curso sobre "Postura na caminhada", um evento gratuito organizado pelo SESC-Vila Mariana e ministrado pelos professores Marcelo Semiatzh e Alexandre Blass da Clínica Força Dinâmica (www.forcadinamica.com.br). Logicamente, tive o devido aval do mestre Branca para participar, uma vez que eu ia correr a Meia das Pontes, hoje, um dia após a parte prática deste curso. 
Há quem pense que sabe caminhar, mas depois deste curso, as minhas dúvidas sobre postura e caminhada aumentaram! Rsrsrsrs. São inúmeras as informações para se colocar em prática. E como eu tenho o joelho que se curva para trás involuntariamente, fiquei curiosa para saber como poderia corrigir este problema, antes mesmo de querer saber como se usa a força motora do nosso corpo para melhorar o desempenho e evitar lesões. O curso todo foi direcionado à postura ao caminhar! 
Palestra sobre o tema no SESC Vila Mariana
Parte prática na Marquise do Ibirapuera. Prof. Marcelo
Caminhada aplicando as técnicas vistas.
Ana do SESC Vila Mariana, prof. Marcelo, eu e prof. Alexandre
No final do curso, fiquei sabendo que os professores conhecem o mestre Branca. E hoje, na corrida, ao falar sobre o curso, o próprio confirmou que os profissionais são da mais alta confiabilidade e que trabalham com a postura de atletas de elite. 
Domingo, dia de acordar cedo! O clima estava ótimo para correr, mas o vento contra no percurso quase me leva para trás! Kkkkk. Bem, isto é desculpa, pois a maioria fez uma ótima prova! Teve um erro da minha parte! Eu inventei de ir com a meia de compressão que já tinha testado em alguns treinos e em uma prova de 5 km. Mas depois do km 15, ela ficou me apertando tanto que resolvi abaixá-la! Daí, a perna ficou levíssima e foi como se estivesse flutuando! Que alívio! Kkk. Mas, não durou muito, não! Dois km depois e a meia começa a apertar o tornozelo! Justamente a parte que tinha lesionado! 
Bem na Ponte Estaiada, eu ouço alguém me chamar, mas não estava conseguindo ver de onde vinha a voz do além!!! Mais para frente, eu vi: era o mestre tirando fotos! Kkkk. Passado o mestre, hora de descer a ponte! Mais uma voltinha e... lá estava ele de novo! Rsrsrs. Já na Marginal Pinheiros, o Heraldo, o senhor que fala japonês, grita de cima da ponte: "Mayumi-san, oniguiri onegai shimasu!" (Mayumi, quero oniguiri (bolinho de arroz japonês cozido)!). Kakakaka. 
Na reta final, o mestre aparece novamente! Justamente na parte em que estava mais difícil! Rsrsrs. E o mais engraçado é ele incentivando o pessoal à minha frente, que nem conhecia! Ele dizia: "Vai, gente, pensem na macarronada à sua espera!". Rsrsrs. Mestre kitigai! Kakakaka. Brincadeira, viu? Depois disso, ele foi lá para trás e não apareceu mais! Fomos encontrá-lo somente na concentração! 
E lá, recebi uma massagem vip nas costas, feita pela Seiko! Muito bom! Obrigada!
Concentração: tenda Branca Esportes
Prof. Rogério no alongamento pós-prova
Bianca, Seiko, Maria e eu
Mestre Branca de volta à tenda
Elio Okazaki, o vizinho que corre
Um fato que nos deixou insatisfeitos foi o de faltar camiseta para os inscritos. Ontem, quando fui buscar o kit, eles disseram que a de tamanho M já não tinha mais (na verdade, queria uma P, mas no ato da inscrição, este já havia se esgotado). E deram a opção de pegar uma G ou deixar para pegar hoje. Eu acabei pegando uma G para o meu marido. Sorte a minha, pois o pessoal que deixou para pegar hoje, não tinha camiseta nenhuma! E o estacionamento? Disseram que o preço para ontem era R$7,00, porém não explicaram que tinha 15 minutos de tolerância! Eu peguei o kit e ia sair, mas acabamos pagando os R$7,00 porque não nos informaram sobre isto! Eu sei que não precisaria pagar pois eu ouvi pessoas dizendo hoje que não pagaram pelo estacionamento ontem! E como hoje o preço seria de R$18,00, deixaram um recado lá no site dizendo para a gente pegar transporte público. Porém, para eu chegar à Estação Santo Amaro, preciso fazer muitas baldeações de metrô e trem! Sem falar que de ônibus, eu não saberia precisar o tempo de demora dele num domingo! É muito complicado ir de transporte público lá! Acho que estamos mal acostumados! Rsrsrs. Ou o paulistano é muito estressado com horário! Rsrs. A outra alternativa seria ir de carona e rachar as despesas, mas quem garante que a pessoa que nos der carona nos espera até o final da prova? Ainda mais se a gente demora muuuuito para chegar! Rsrsrs. Mas, vamos nos ajeitando! Desculpem-me pelo desabafo! É a kitigai ficando véia! Kakakaka.

7 comentários:

  1. Eu também fui nessa meia das Pontes, Mayumi, e concordo com tudo o que você escreveu.
    Parabéns por sua participação e por ter superado as meias de compressão! (risos!)
    Uma boa semana para você.
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  2. Mayumi, eu também quero oniguiri! Parabéns pela prova, sem compressão! Boa semana.

    ResponderExcluir
  3. Ih, eu afim de gastar um dindin nessas compressões e já estou vendo que é furada.
    Tenho umas kendall em casa e nunca vi melhorar nada.

    Transporte público no Brasil é uma grande palhaçada, né?
    O metrô de SP e o da Cidade do México começaram na mesma época. A Cidade do México tem 300kms e Sampa tem 80. Complicado, né?

    bjs !!!

    ResponderExcluir
  4. Nunca vi o Quico (do Chaves) reclamando das meias, Mayumi... Achei que o único problema delas era a feiúra mesmo, hehehe...

    Parabéns por mais uma meia pro currículo. Bem que eu tentei ganhar também uma inscrição para ela, mas acabei "me contentando" com os 10 km do Circuito das Estações mesmo. Pena que a gente não se encontrou ontem. Mas segue o convite para a escalada. Qualquer coisa, chama o Mestre Branca pra acompanhar a gente de bike também!

    Boa semana!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Parabéns pela meia das pontes! Muito bom!!!
    Sobre a meia de compressão, comprei uma agora, vou testar hoje!! Vamos ver no que vai dar!!
    Sou sua nova seguidora!!
    Fernanda
    http://corridafeliz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Pois é Mayumi, acabei pagando estacionamento no sábado, no domingo e também fiquei sem camiseta. Mas como ganhei a inscrição, o custo desta corrida ainda foi menor do que outras. Quanto a carona, vamos nos ajeitando?

    ResponderExcluir
  7. Mayumi parabésn pela meia das pontes... quanto as meias de compressão eu uso somente para provas ultras, para ajudar na recuperação e circulação, sinceramente eu não as uso em meias maratonas.

    ResponderExcluir