8 de abr de 2012

A resposta do mestre

Afff, bem que estava desconfiada que a resposta deveria ter sido dada na semana em que recebi um treino de 30 km! Como o mestre tinha dito que responderia se eu teria condições ou não correr a Maratona Caixa do Rio de Janeiro em abril, fiz a pergunta novamente. "Agora, não tem mais volta!", foi a resposta. Kakakaka. Como uma  amiga me disse, se você está atravessando um rio a nado, está bem no meio e quer desistir porque está cansada, você tem que pensar: "Se eu desistir agora, vou ter que voltar nadando o mesmo tanto que terei que nadar para frente." O que eu faço? A esta altura, o mestre já me colocou bem no meio da correnteza. Então, resta-me acabar de atravessar o RIO... literalmente! Kkkkk.
E os treinos continuam. Na semana passada foram 25 km no sábado e 12 km bem rápidos no domingo. Hoje, já foram 28 km e amanhã, caminhada de 8 km, com alongamento. E assim vamos fazendo os treinos. 
Mestre dando exercícios educativos
Pessoal na caminhada antes do treino de tiros
Olha o alongamento!
Bem no meio da pista onde estávamos fazendo os tiros... eis que surge o professor! Kkkk.  Ele estava só removendo o galho para a gente não tropeçar! Rsrsrsrs. Nem tudo que parece, é! Kkkkk.
Mestre conversando sobre os treinos com seus alunos... e eu atrapalhando-os! Rsrs.
Marina, Debora, Maria, Maria e Ines
Monica Kulcsar terminado o seu treino num sol de 33ºC.
Mas não pensem que a gente só treina! Na semana passada, tivemos o aniversário da Rosa e ela levou a festa lá no Ibira, para comemorarmos depois do treino! Pena que não deu para ficar muito tempo! 
Parabéns, Rosa!
No domingo passado, encontrei o Nenê treinando. Numa das conversas, ele disse que trabalhava numa loja de bicicletas. Como o meu falecido pai também tinha uma, perguntei se ele o tinha conhecido. Para a minha surpresa, ele frequentava a loja do meu pai! Mundo pequeno! 
Nenê e seu amigo depois do treino no Ibira
Quanto à parte da alimentação, bem, eu costumo variar bastante. Não gosto de ficar comendo a mesma coisa sempre. Então, outro dia fiz uma salada de mini-alface lisa hidropônica brasileira com tomates franceses, molho shôyu japonês e azeite português. Hummm, uma salada bem internacional! E para completar, de sobremesa, comi uns sapotis. Conhecem sapoti, uma frutinha beeeem doce? Nunca tinha comido! Rsrsrs. Ah, comi também umas seriguelas. Muito bom!!! Mas isto tudo comi depois do prato principal! Kkkkkkk. 
Uma salada internacional
Tomate francês. A cor dele é laaranja! Tem gosto de fruta! 
Sapoti bem docinho!
E para não perder o costume, passei na vó Lucina para comprar flores. Ela não está conseguindo treinar por causa do trabalho. E como trabalha! Mas, graças a Deus, ela está bem! Olhem só! 
Uma ótima Páscoa para todos! Bons treinos! 

6 comentários:

  1. Acho que então vais ter que encarar os treinos para a Maratona :-) Sorte, força e persistência!!! Bj

    ResponderExcluir
  2. Boa, Mayumi.
    Se até eu completo maratona, o que se dirá de você, não? Vais tirar de letra, eu garanto!
    Boa sorte na preparação.
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  3. Na boa, você fará essa prova com um sorrisão no rosto :) Aposto!

    Espero que nos encontremos em julho!

    ResponderExcluir
  4. Essa sapoti deu água na boca!! Adoro!!!!!

    Bons treinos!! Não desista :)

    ResponderExcluir
  5. ?Huuuuummm, e pior que tomate é fruta, dizem os entendidos. Só que aqui no Brasil ela não é docinha. Tenho até medo de pergunta o porque.

    ResponderExcluir
  6. Gostei da notícia! Também estarei nessa travessia do Rio. A gente se encontra no Recreio.

    ResponderExcluir