31 de jul de 2012

Cada kitigai que a gente encontra pela frente...

Fala, gente! Treininho bom hoje? Chuvisco e temperatura amena, tudo de bom para treinar, não é? 
Sábado, eu me despedi do Gagá, mas deixei-o em boas mãos! Ele vai ficar com o Éber Valentim! Só que o Gagá vai levar um susto, pois o Éber corre com o dobro da minha velocidade, já pegou vários pódios, entre eles, um terceiro lugar na Mini-maratona de Paraty, aquela sudidona! Acho que ele vai pensar: "Epa! Acho que a Mayumi tomou um pozinho proibido! Vai ser pega no dopping!". Rsrsrsrs.
Éber Valentim, cuide bem dele! 
Ai, coitadinho do Bandit! Rsrsrs. A sua dona foi correr e deixou-o amarradinho! Um dia destes, ele escapou! Como foi difícil alcançá-lo! Kkkkk. 

Sábado, corri com o Ziel. 14 km em ritmo bem confortável. No final do treino, encontramos o Tião Moreira. Ele estava sem câmera e eu estava fotografando! O dia em que a Mayumi fotografou um fotógrafo! 
Ziel no final do treino. valeu!
Tião Moreira, peguei-o sem a câmera! Rsrsrs.
Logo depois, encontramos a Donna D: Ivana Vallada! Só caminhando, a gente encontra as pessoas! 
Ivana Vallada em seu treino
Ela tinha enviado um torpeido perguntando se eu ia treinar na USP, mas só vi o recado quando fui fotografar o Ziel no final do treino um pouquinho antes de encontrá-la! Eita! Ivana, eu queria muito, muito ir para a meia de São Bernardo do Campo! Já fiz aquele percurso 3 vezes e sempre gostei, mesmo com o tornozelo torcido um pouquinho antes da largada! Sobe e desce que não acaba mais, feira,Via Anchieta, moradores e Av. Piraporinha no meio do caminho. Muito bom! Porém, o mestre sugeriu experimentar outra prova. Ai, caramba, por que realizam duas provas de mesma distância em lugares diferentes? 
No final do treino, fomos alongar. Viu só, Leo Hacidume? Você "mandou", estamos fazendo: "Alonga aí, pô!". Kkkkkk.



Mas, quando chegou a hora de ir embora... a profa Sinara deita em cima do capô do meu carro e provoca um... congestionamento monstro de... 3 carros! Kkkkk. 


Quando eu pensei que ela finalmente se levantou, estava quase acelerando e... ela inventa de fazer exercícios! Kkkkk. Daí, foi buzinada geral! 


Mas ela não estava nem aí, pois agora tinha reforço: o prof. Marco! Afff...

Terríveis! Kkkk.
Cada uma! E no dia seguinte que ia ter a 1ª Corrida e Caminhada Nipo-brasileira, na região da Sé? Eu fui trabalhar e não pude participar! 

Mas, os representantes da "colônia Branca Esportes" estavam, lá todos de olhos puxados! Vejam só! Todos eles afirmam que eram legítimos japoneses e que só tinha um disfarçado e fajuto! 
Fotos e comentários descaradamente "roubadas" do Facebook da Monica Kulcsar. Kkkk.
Comentários:
Cristiane Sano: São todos vindos do Japão, né?? Made in Japan originais, né?? Rsrs.
Monica Kulcsar: Olha, prima, ouvi dizer que tinha um único japa ali, falsificado, mas não tenho certeza de qual era... rsrsrsrs.
Amélia Uema: Todos os japas são réplicas. Rsrsrs.
Eduardo Sano: Kkkkkkkk. O falsificado era EU!!!!
Cristiane Sano: Kkkk... a imitação tá ótima!
Maria Cecília L. Moraes: Ziel... nós somos os últimos representantes dos verdadeiros samugros ou seja, samurais negros.

Kkkkk. No ano que vem, a gente vai estar lá! Se tiver uma luso-brasileira, ítalo-brasileira, afro-brasileira, a gente vai também! Afinal, nós prestigiamos todas as nacionalidades! Tudo é motivo para correr, nem com cãibra a gente para! Alonga aí, pô, ô japonêissshhhh carioca!  Kkkkk. 
 Boa semana! 

8 comentários:

  1. Parabéns por mais uma excelente crônica de nossa vida esportiva. Sempre é muito divertido ler os seus textos! Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jeff, obrigada! E vamos treinar!!!

      Excluir
  2. Pois é, eu também perdi a corrida da colônia japonesa, por conta de uma gripe. Acho que a gripe "Anderson Silva" que derrubou a Érika veio me visitar, gostou e ficou. Depois, descobri que o Anderson Silva tinha mandado o filho caçula para não me judiar muito. Enfim, ainda estou de molho. Chato pra caramba. Com isso, vou ter que desistir da Meia da Asics também. Chato pra caramba duas vezes! Só me resta ficar aqui lendo suas ótimas crônicas de kitigai... Seiko Sato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até você, Seiko! Rsrs. É, não somos legítimas! Kkkk.

      Excluir
  3. kkkkk

    gostei do japonêisssshhhhh :)

    Mayumi, seus posts são sempre uma delícia de ler!
    mato a saudade de São Paulo só de ler seus relatos e ver as fotos!

    se libertou do Garmin, hein:)
    eu gosto de correr sem relógio:)
    me sinto mais livre, e até mais leve:)

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Elis! Vamos que vamos! Obrigada pela visita! Bjs.

      Excluir