9 de jul de 2008

Tem banheiro por aí?

E aí, pessoal, como foi o dia hoje? Nem vou falar muito do feriado, pois o pessoal que não é daqui vai dizer que os paulistanos dizem trabalhar bastante, mas tem muito feriado por aqui! Rsrsrs. Vou dizer uma coisinha: o paulistano trabalha até em feriados! Kkk. Eu não trabalhei, mas "vi" gente trabalhando! O meu marido workaholic por exemplo, nem foi caminhar hoje no Ibirapuera, pois ficou trabalhando! Eu fui sozinha ao parque, mas tinha muita gente com celular na mão tratando de negócios, falando de planilhas e orçamentos a serem entregues... Eu fui correr sem pensar no trabalho. E não é que encontro uma menina que trabalha comigo correndo? Nunca a tinha encontrado por lá. Ela tinha dito para mim que começou a correr recentemente... e como hoje é dia da Revolução de 32, estava tendo um desfile na avenida ao lado do parque, com muita gente "fardada": exército, polícia, aeronáutica... foi aí que caiu a ficha: a menina que trabalha comigo, adooora ver gente fardada! Rsrsrs. Ahááá!
Hoje, foi o dia de mais um longão. Dei duas paradinhas para ir ao banheiro, senão ia ficar igual ao cara da foto do blog do Jorge: todo sujo (para não dizer outra coisa). Ainda bem que no Parque do Ibirapuera, os banheiros são limpos e tem papel higiênico! E ainda, fiz um pit stop para "abastecer" a água que acabou depois de 5 voltas. Fiquei pensando se nas maratonas têm banheiros químicos pelo percurso, uma vez que ele é bem longo... ô pessoal das maratonas, alguém pode me dizer em quais maratonas têm banheiros pelo percurso? Em todas? Ou será que temos que correr com fraldas geriátricas! Rsrs. Acho que para o meu tamanho, basta comprar uma calça plástica com elástico da marca Pumpers, tamanho GG! Kkk.
Por falar em banheiro, vocês já ouviram falar daquele homem que não sabia inglês e que foi viajar para os EUA, e quase entrou em um banheiro feminino? Daí, o amigo dele o alertou dizendo: "Ei, este lado aí é para mulheres!" E ele retrucou dizendo: "Não, é masculino! Está escrito "Uómem" (Women)!".
O treino de hoje foi de 25 km também, mas o urso não "compareceu" hoje ao parque! Vai ver que com o friozinho, ele estava hibernando! Amanhã, vai ser o dia da musculação e do trote de 5 km. Por enquanto, o treino está tranqüilo. Não posso esquecer de levar a caramanhola, pois sem água, vamos virar "umeboshi" (conserva de ameixa seca, enrugada e beeem azeda) , sem falar que o hálito também ficará bom para competir com o do urso! Argh!!! Bons treinos e tomem bastante água! Mas, façam xixi nos banheiros e não no calção!

18 comentários:

  1. Pois é Mayumi, o urso estava hibernando mesmo....só os loucos pra correr num dia como este....rs
    Mas foi uma manhã boa para treinar seu corpo para corridas em dias frios como NY. E ótima chance para testar aquelas roupas para dias como este (calça legging, camisa de manga comprida, luva, gorro, etc...).

    Estive no parque das 730hs até as 840hs. Deu tempo pra fazer duas voltas longas no lago mas não te encontrei. Senão teria corrido os 25k...rs

    Parabéns por mais um longão.


    Abç

    ResponderExcluir
  2. Olá! Quanto aos banheiros químicos, nunca reparei, mas tenho uma impressão que na Mara de SP havia uma boa distribuição em diversos trechos. Na de Curitiba, há dois pontos em que você pode utilizar o banheiro de dois ginásios (?), ou seja, não me lembro de banheiro químico. De qualquer forma, eu sou fresco e prefiro desistir da prova a usar banheiro químico pro "número 2".
    Na Maratona do Rio, descobri outra piada "bilingue". Já imaginou um japonês chegar pra um brasileiro que acabou de correr uma maratona e perguntar "Kansou"? Aliás, eu não recomendo que saiam imitando isso, pois é um ponto que atingi depois de várias experiências, mas hoje em dia, faço longos de duas a três horas, em jejum e sem água. (só nos treinos, que fique claro) Faço isso porque pra mim já é uma coisa bem natural, sem nenhum sofrimento nem desconforto, mas sei que é meio radical. A única coisa que tenho certeza é que a maioria das pessoas bebem MUITO MAIS água que o mínimo necessário. Fui descobrindo o meu limiar aos poucos. Quanto à Meia de São Bernardo, já estou inscrito. Sinceramente, não lembro dos detalhes, mas tem algumas subidas e adorei a prova. E como estava bem frio no ano passado, quebrei meu recorde em meias da época, fechando a prova em 2h00m e... 20 segundos!! (hoje já reduzi mais um pouquinho pra compensar a "decepção" que foi esse excesso de 20 segundos, rs). Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Por favor substituir o "Aliás", depois do Kansou, por "Quanto a questão da água". mOm

    ResponderExcluir
  4. Kkk, realmente, Valter, hoje o urso estava hibernando! Mas, temos que treinar em todas as situações possíveis para ver se o nosso corpo agüenta o tranco, né?
    Hideaki, vamos explicar a piada do japonês, pois assim, não vão entender! Olha, gente, "kansô" em japonês significa "o que você sentiu", ou seja, alguém pedindo um comentário seu. Imaginem um japonês chegar para você e perguntar isto depois de você correr 42 km! Só você mesmo, não, Hideaki? Rsrs.

    ResponderExcluir
  5. Putz, nem tinha pensado nesse "kansou", pensei no 完走, que significa "terminar correndo de ponta a ponta" ou "terminar sem andar". Por causa da existência desta palavra, acho que os japoneses têm uma pressão MUITO maior na hora de correr uma maratona, pois não se fala só em "terminei ou não", mas dizem "fiz "kansou" ou não".

    Aproveitando, uma dica pra Meia de SBC. Se possível, busque seu kit na véspera, ou chegue cedo, pois a retirada de última hora costuma tumultuar.

    ResponderExcluir
  6. Ah, perfeito, Hideaki! Tá vendo como tem que explicar? Nem eu estava entendendo! Rsrs. Achei sacanagem sua perguntar isto ao falante de português! Rsrs. Por falar nisto, já vi esta palavra escrita em uma camiseta, se não me engano da Asics. Obrigada pelo esclarecimento! Eu tinha pensado em 感想!!! Gokansô wa?
    Olha, gente, volto a frisar sempre: o japonês não é difícil! Tem muitas palavras iguais na pronúncia, mas diferentes no significado, mas que dá para distinguir se tiver um contexto mais amplo! É igual "manga ", a fruta e "manga" de camisa (homonímia)! Rsrsrs. Poxa, tenho que defender o meu ponto de vista, né?

    ResponderExcluir
  7. Na verdade, não fiz essa "sacanagem" com ninguém. Surgiu essa piadinha quando estava conversando com o Fábio "Maratonista" Namiuti, que cedo ou tarde, não tenho dúvidas, será "Kansou Runner" também =D

    O "Kansou", joguei na fogueira de proósito, mas este mal entendido, eu juro que foi inesperado, hahaha

    Só aproveitando o artigo do blog, bebam bastante água pra não ficar "Kansou" (seco), hahaha

    Humm... Chega, boa noite! rs

    ResponderExcluir
  8. Cansou, Hideaki? Rsrsrs. Que figura!

    ResponderExcluir
  9. Japonês é COMPLICADO!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Mayumi,
    Muito legal (como sempre) os seus posts !
    Engraçado e bem escrito, parabéns !
    Essa do hálito para competir com o urso, foi demais ! :-)
    Obrigado por suas visitas ao blog que escrevo e por seus comentários lá.
    Grato,
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  11. Mayumi,
    Nós, mulheres, sofremos com a falta de banheiro, pois não podemos achar uma árvore qualquer para fazer nossas necessidades...Na Maratona de Floripa, neste ano, tinha banheiro na largada e na chegada. Lá pelo meio da prova, o jeito foi segurar a vontade.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Tô vendo que este post vai ser sobre banheiros...rs..bom, vamos lá então:
    - saibam vocês que em NY tem muitos banheiros nas áreas de concentração mas mesmo assim formam filas tão longas que alguns homens simplesmente vão "pro matinho" (em tempo, a concentração é em um antigo forte militar e hoje gerenciado pelo Serviço Nacional de Parques por isso tem algumas áreas verdes);
    - mas não pensem que só os homens vão "pro matinho", algumas mulheres também vão para fazer o "número 1". elas não tem vergonha pra isso não;
    - durante o trajeto há banheiros a cada milha a partir da milha 3, inclusive para os PNE;
    - mas sempre tem os casos excepcionais como uma mulher que ficou pedindo desesperadamente para usar o banheiro de uma casa logo após cruzar a ponte da largada (logo após da milha 2!!);
    - pela quantidade de postos de água/gatorade durante a maratona era de se esperar tantos banheiros.

    Hideaki, eu também tento beber menos água nos treinos. Assim como usar powergel de preferência nas corridas apenas. Tudo isso para não condicionar meu corpo e não ter efeito quando necessário. É a mesma coisa com o café (deixar de tomar uma semana antes para tomar o nia da corrida e sentir melhor os efeitos da cafeína).


    PS: Bem que podíamos fazer umas camisetas com essas frases em japonês...rs

    ResponderExcluir
  13. Mayumi, que eu saiba, o kanji que aparece na linha da Asics é "Kaisou", que significa corrida prazerosa, confortável, etc. Nada impede que haja a linha "kansou" também, mas acho a palavra meio "fraca" pra marketing de uma fábrica que visa desempenho. Ah, e vi num blog de alguém que você comentou, quando o dono do blog tinha falado que tinha um japonês correndo na Mara do Rio. Tava com uma bandeira enorme escrito "Imin hyakushuunen gokurousama deshita" (frase relativa ao centenário da imigração japonesa).

    Leo, japonês é complicado, mas a língua japonesa até que dá pra aprender, rsrs

    Valter, na verdade, eu nem penso em desempenho do dia da prova, pois acho que para os amadores, o ganho da dessensibilização "quimica" existe, mas não é tão significante assim, fisiológicamente falando. O café que sempre faço questão de tomar é mais uma "simpatia", mas que psicologicamente faz falta, se não tomar. Em tempo, eu sou do tipo que, fico ardendo em febre, mas não uso remédio, nem mesmo aspirina. Assim, tive uma resistência enorme em usar gel de carboidrato, tanto que as minhas primeiras três meia-maratonas, terminei sem usar gel. Mesmo hoje, pra mim é proibitivo usar gel em provas inferiores a meia maratona. Mesmo a água, eu não bebo nos treinos, simplesmente porque é desnecessário para a minha proposta. (não imitem, rsrs) Me hidrato bem na véspera e depois dos treinos e corridas. Salvo a "maratona que encaro como competição", que corro uma vez a cada dois anos, não me preocupo em correr as provas com melhor condicionamento possível. Se na véspera, eu precisar ir numa festa de aniversário numa churrascaria eu vou e como, ainda que com moderação, e se tiver baile de dança de salão, eu danço até o fim. Na maratona do Rio, fiquei o sábado todo passeando. Encaro as corridas de cada fim de semana como algo natural na minha vida. O único cuidado especial é exatamente o de esvaziar o intestino de manhã cedo. O que infelizmente não deu certo na Maratona do Rio e tive que administrar, pois, como já escrevi, prefiro abandonar a prova a fazer pit stop.

    Abraços a todos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Hideaki:
    Obrigada pela correção! É verdade, o que eu vi escrito na camiseta da Asics era "Kaisô" mesmo ("kaiteki na rannningu").
    Vou lhe dizer uma coisa: o Leo sabe muito bem o japonês, tanto na escrita, quanto na leitura e também na fala! Ele trabalha o dia inteiro falando japonês, lendo e escrevendo japonês, como eu! Você também, Hideaki? Rsrs.
    Bem, agora, vamos deixar um pouco de lado a língua japonesa para falar de corrida, né? Obrigada pelo interesse (pelo banheiro!). Kkk.

    ResponderExcluir
  15. São Paulo mantém o seu ar de megalópole do trabalho até no feriado. Pelo menos é o que dizem né, Mayumi? (rs)

    Bom, mas no fim de semana a gente consegue curtir um pouco mais. Por falar nisso, aproveito para te convidar para treinarmos neste sábado para a Nike+ Human Race (a nova cara da tão conhecida Nike 10k Run Americas).

    http://www.nike10k.com.br/blog/2008/07/10/nike-human-race-venha-treinar-com-a-gente/

    Vai ser bem bacana! E o pessoal da 4any1 também vai estar lá supervisionando os corredores. Sem contar que os treinos são gratuitos, ou seja, vale chamar os amigos para correr junto.

    Te espero, então!

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  16. Hideaki, japonês é difícil!!!!!!!!!!!!!!!!! rs

    (só pra zoar a Mayumi)

    ResponderExcluir
  17. Kkk, vocês ainda vão acabar com o meu trabalho! Rsrsrs. Estou tentando divulgar esta língua, dizendo que ela fácil! Rsrs. Gente, vamos correr!!!

    ResponderExcluir
  18. Hideaki,

    Realmente cada um é cada um....rs
    Eu também não bebo água mas sempre que posso molho a boca para não mantê-la seca. Mesmo nas corridas de 10k eu pego um copo mas até me sinto mal porque apenas uso um pouco mas também não pego em todos os postos.
    Também tenho esse pensamento com relação ao gel. Só uso quando vou pra uma meia ou que seja uma corrida bem desgastante. Em provas curtas (10k?!) não vale a pena agora pois o meu organismo já deve ter se habituado e nem vejo algum ganho quando uso gel nessas provas.
    Agora em NY o gel fez diferença..rs

    E com relação à preparação pré-prova, é isso mesmo. Tem que levar o mínimo de peso pra corrida...rs

    Abçs

    ResponderExcluir